curso de vendas
Marketing Direto

Marketing Direto

Blog   ·  Criado em 04/11/2019   ·   Atualizado em 17/05/2021   · ​ 25 minutos

Marketing Direto

Sabe aquele folheto com as promoções do mercado que você recebe toda semana? Aquelas canetas que você ganha como brinde? Ou até mesmo aquelas ligações de telemarketing?

Essas são algumas das muitas estratégias de marketing direito que somos bombardeados todos os dias.

Existem muitos tipos de marketing que seguem caminhos diferentes para ajudar os negócios a conquistarem novos clientes. Enquanto alguns tipos são mais sutis e indiretos, outros como o marketing direto partem direto para a ação.

O marketing direto é uma estratégia explícita, que busca promover, sempre que possível, os produtos e/ou serviços para o seu público.

Sua principal característica são as informações compartilhadas com os clientes sem nenhuma interferência de terceiros, permitindo assim um diálogo muito mais pessoal entre a empresa e o seu consumidor.

Mesmo considerado por muitos uma estratégia tradicional, o marketing direto conseguiu acompanhar o avanço do marketing digital, o que significa maior engajamento e grandes performances.

Quer entender um pouco mais sobre o conceito marketing direto e como ele funciona na prática?

Então vamos lá!

O que é marketing direto?

O que é marketing direto?

O conceito do marketing direto pode ser definido como um conjunto de ações focadas em promover produtos ou serviços de um negócio para o seu público.

E-mails, anúncios online, folhetos, mala direta, jornais, publicidade ao ar livre, mensagens de texto enviadas pelo celular, anúncios em revistas, cupons, brindes, telemarketing, websites e até mesmo distribuição de catálogos, são algumas estratégias usadas no marketing direto.

O grande diferencial do marketing direto é a dispensa de todo processo do funil de vendas, o que permite uma abordagem mais ágil e direta para o seu cliente em potencial.

O seu único propósito é estimular uma ação por parte do seu público, que pode ser a compra de um produto, a contratação de um serviço ou algo mais simples como o preenchimento de um formulário.

Mesmo seguindo uma estratégia mais rápida e ágil, esse tipo de marketing é mensurável. Você pode, por exemplo, oferecer um desconto para o seu cliente e é possível saber quando ele foi usado em sua loja virtual por meio de um cookie ou pixel.

Conseguiu entender  o que é marketing direto? Qualquer dúvida pode perguntar nos comentários.

A evolução do marketing direto

O marketing e a publicidade precisaram se adaptar à internet.

Com o tempo, as estratégias tradicionais começaram a perder força e as estratégias de marketing digital colocaram grandes e pequenas empresas no mesmo nível e sai na frente quem mais encantar seu público.

O marketing direto, formado por estratégias tradicionais, conseguiu transpassar o mundo digital e implementar as suas ferramentas.

Apenas relembrando, algumas estratégias do marketing direto são mala direta, telemarketing, televendas, brindes e panfletos.

Mas, com o crescimento do marketing digital, foi possível incluir e-mail marketing, anúncios online (como anunciar no Google), mensagens de texto (WhatsApp, Telegram), cupons de desconto e muitas outras ferramentas.

O marketing direto conseguiu alinhar estratégias de marketing digital e marketing tradicional para que as empresas conquistassem novos clientes. A diferença é que agora é possível mensurar, monitorar as compras dos clientes e muito mais.

Existe diferença entre marketing direto e marketing indireto?

Marketing direto e marketing indireto são duas estratégias diferentes.

Enquanto o marketing direto basicamente pede para o seu possível cliente comprar seu produto ou serviço, no marketing indireto você usa um conjunto de ferramentas para construir um relacionamento com seu possível cliente, para então, o incentivar a fechar negócio.

É importante ressaltar que uma estratégia não exclui a outra. São duas formas diferentes de conquistar possíveis clientes.

O ideal é que o seu negócio invista nos dois.

Com o marketing direto as empresas conquistam um retorno mais rápido e os ganhos podem ser mensurados com facilidade.

Já as técnicas de marketing indireto exigem muito mais tempo para gerar resultados. O objetivo do marketing indireto é construir um relacionamento entre a empresa e seu cliente, por isso é muito mais demorado para gerar resultados.

Qual é a melhor opção? Você deve escolher de acordo com a sua estratégia, tempo e objetivo.

Como o marketing direto funciona

Para o marketing direto funcionar com o seu público, você precisa usar o que chamamos de CTA (abreviação de call to action). As chamadas para ação são capazes de influenciar os possíveis clientes a executarem uma ação que você deseja.

No caso do marketing direto, as CTAs convidam seus possíveis clientes a fecharem negócio.

Normalmente essas chamadas são formadas por verbos no imperativo, que agem como gatilhos mentais gerando uma reação.

Um tipo de CTA que mais se destaca no marketing direto são aquelas com caráter de urgência que são aplicadas em situações como, por exemplo, promoção de tempo limitado.

O possível cliente deve sentir uma necessidade inexplicável de sair do seu estado de indecisão e, tomar uma atitude para não perder essa oportunidade incrível que estão oferecendo.

Confira alguns exemplos de CTAs de marketing direto:

  • Aproveite! Promoção com tempo limitado!
  • Últimas vagas!
  • Visite nosso site!
  • Ligue agora mesmo para saber mais informações
  • Inscreva-se em nosso canal do YouTube
  • Compre agora!
  • Assine já!
  • Experimente grátis por 7 dias!
  • Participe!
  • Escolha o seu!
  • Fale com a gente!
  • Agende uma visita!

PS.: Não esqueça de criar histórias chamativas em suas estratégias de marketing direto. As pessoas gostam de comprar uma boa história.

Como analisar os resultados do marketing direto

O sucesso de uma campanha de marketing direto é mensurável a partir do alcance das metas predeterminadas no planejamento da campanha.

Antes de uma campanha de marketing direto ser lançada, é preciso criar um planejamento para que toda a equipe saiba onde estão e aonde devem chegar.

É interessante deixar definido quais métricas serão analisadas para acompanhar o progresso da campanha.

Dados como pessoas que fizeram o contato inicial, número de pessoas que visitaram o produto e até mesmo quantas pessoas chegaram ao carrinho de compra e o abandonaram no final são perfeitas para análise.

Pontuar tais informações ajudam a mensurar os resultados conquistados durante a campanha.

Ainda não sabe quais métricas analisar? Confira algumas dicas:

  • Quantos clientes foram abordados?
  • Quantos responderam à mala direta?
  • Quantos compraram?
  • Num nível mais avançado, respostas como:
  • Por que comprou?
  • Por que não comprou?

Ao responder as perguntas acima você pode definir as métricas que vai analisar e quais estratégias usar, tanto estratégias digitais (anúncios, pesquisas de satisfação), quanto estratégias tradicionais (telemarketing).

A partir do momento que uma campanha é direcionada para um público em potencial, a performance é muito mais eficiente e assertiva. Definir o seu público, como vai falar com ele e escolher o melhor canal de comunicação são os principais passos a serem dados para o sucesso da sua campanha.  

Caso, eventualmente, você erre qualquer um desses itens, pode não atingir uma boa performance e conversão.

Os benefícios do marketing direto

O marketing direto permite que você promova seu produto e/ou serviço diretamente para o seu público e avalie rapidamente os seus resultados.

Além disso, outros benefícios do marketing direto que você pode levar em consideração são:

Alcance seus clientes de maneira mais rápida

Com uma campanha de marketing direto você pode alcançar o seu cliente muito mais rápido. Por exemplo, é possível optar por uma campanha de e-mail marketing ao longo do ano para relembrar seu cliente que você tem aquilo que ele precisa sempre.

O potencial do e-mail marketing é que você pode criar uma campanha e 10 minutos depois ele já chegar na caixa de entrada do seu cliente.

É uma estratégia eficiente

Você pode criar uma estratégia focada 100% em seu cliente e público. Pessoas que realmente se interessam pelo seu produto ou serviço.

Ao focar nas pessoas que se interessam pelo seu negócio, o planejamento torna-se mais eficiente, inclusive na mensagem que você vai passar.

Segmentação do seu público

Com esse tipo de marketing você segmenta seu público e cria campanhas personalizadas para ele.

O seu objetivo é ser um sucesso de vendas? Precisa investir tempo e recursos para descobrir exatamente para quem está vendendo e como falar com eles.

Vender para todo mundo não gera resultados. Mesmo que o seu público seja pequeno, é mais fácil vender para quem tem interesse.

Personalização de campanha

Quando você conhece profundamente seu público, pode criar uma campanha de marketing direto totalmente personalizado.

Por exemplo, você tem uma lista de endereço de todos os seus clientes.

Você pode criar uma campanha de mala direta personalizada e gerar grandes resultados para o seu negócio.

Use todas as informações que você tem para personalizar sua mensagem e atrair a atenção de cada cliente.

Orçamento otimizado e baixo custo

A partir do momento que você tem um público segmentado, você pode direcionar todo o seu orçamento para conquistar essas pessoas.

Mesmo um orçamento pequeno pode gerar muitas vendas. Isso, é claro, quando os leads conquistados forem qualificados.

Com um público muito amplo, a campanha perde muito tempo e dinheiro com leads que não vão fechar negócio.

Campanhas ágeis e possibilidade de mensuração

Os resultados podem ser analisados durante todo o tempo em que as campanhas estiverem ativas.

Essas informações são importantes para entender como as pessoas estão respondendo à campanha. Caso necessário, é possível fazer alterações na hora ou nas próximas campanhas.

 As vantagens do marketing direto

Sabe quais benefícios o marketing direto pode trazer para o seu negócio?

Aumenta suas vendas

Os clientes buscam por empresas que entendem suas necessidades, seus problemas e possuem uma solução para todos eles, mas existem aqueles que querem construir um relacionamento pessoal duradouro.

O marketing direto faz com que esses dois tipos de clientes sejam alcançados.

Além de apresentar aos clientes tudo o que uma empresa pode fazer, o marketing direto é uma grande estrela na hora de construir um relacionamento entre negócios e clientes.

Quando um negócio entende o que precisa fazer para melhorar suas vendas e seu relacionamento com seus clientes, vender deixa de ser um monstro de sete cabeças.

Possibilita ações diretas focadas na lealdade do cliente

Com essa estratégia, você, ou sua equipe de marketing, pode personalizar mensagens e ofertas para seus clientes e isso fortalece a conexão entre os dois.

Você vai perceber que é muito comum combinar técnicas de marketing direto com programas de fidelidade.

Os clássicos cupons de descontos são um dos exemplos de marketing direto, envio de cartões (ou e-mails) de aniversário, convites exclusivos para grandes eventos e muito mais.

Ajuda a impulsionar novos negócios

O marketing direto permite que o cliente mantenha uma comunicação direta com sua base de clientes. Isso possibilita o lançamento de novos negócios e novas vendas.

Interação mais próxima ao seu público

Criar campanhas que falem diretamente com o seu público é uma estratégia muito eficiente no mundo das vendas.

Além da oportunidade de manter um contato direto com os seus clientes e possíveis clientes, você pode receber um feedback direto sobre sua oferta (produtos/serviços) e até mesmo da sua comunicação com o seu público-alvo.

E as desvantagens do marketing direto? Existe alguma?

A grande desvantagem do marketing direto pode ser o fato da estratégia ser em muitos casos invasiva.

O telemarketing, por exemplo, quando não planejado na medida certa, pode ser um desastre e, ao invés de atrair a atenção das pessoas, vai simplesmente afastá-las.

O mesmo acontece com o envio excessivo de e-mails.

Marketing direto exemplos para aplicar

Antes de aplicar todo o orçamento em uma campanha de marketing direto, faça um teste. Selecione um pequeno grupo diante de todo o seu público-alvo e aplique sua estratégia. Dessa forma, poderá localizar possíveis erros estratégicos e corrigi-los sem perder grandes investimentos na ação, o que garante também muito mais assertividade da campanha.

Estímulo

Um produto é oferecido dentro de uma condição bastante favorável. Isso estimula o cliente que já tinha interesse em comprá-lo.

Quer um exemplo?

Você pode enviar e-mails para todas as pessoas que procuraram por um produto específico em seu site.

Dessa forma você acaba estimulando todas elas a voltarem e concluírem suas compras.

Urgência

É estabelecido um prazo de validade curto, para influenciar o cliente a tomar uma decisão de compra mais rápido que o normal.

Comparava-se as condições normais com as condições especiais.

Além das duas premissas básicas da abordagem, o marketing direto tem algumas características indissociáveis, elas são:

Segmentação

Presume-se que uma campanha de marketing direto seja precedida de um trabalho de pesquisa, que identifique as pessoas corretas a serem abordadas.

Muitas empresas gastavam muito dinheiro com campanhas de marketing direto e fracassavam, porque trabalhavam em cima de um público genérico, sendo muito mais difícil gerar resultados satisfatórios.

Além disso, abordagens via telemarketing tendem a gerar aborrecimento e insatisfação com a marca em pessoas que não possuem perfil para o produto específico.

Comunicação persuasiva

A linguagem do marketing direto é própria e difere da publicidade.

Enquanto essa última se preocupa em fazer com que as pessoas conheçam o produto, no marketing direto é presumível que elas já o conheçam e tenham por ele algum interesse.

Logo, a comunicação deve ser feita no intuito de mostrar a grande oportunidade que está sendo oferecida.

Vantagem real

Em hipótese alguma, o marketing direto deve ser usado para oferecer vantagens que não são reais. Um bom exemplo do que não deve ser feito é estabelecer prazos para o encerramento de uma determinada condição e mantê-la por mais tempo ou indefinidamente.

Isso significa enganar o consumidor.

Honestidade sempre, lembre-se disso!

Estratégias de marketing direto

Você pode começar a adotar algumas estratégias de marketing direto para o seu negócio. Como:

  • Emissão de cartões de fidelidade
  • Marketing de guerrilha
  • Emissão de cupons
  • Recompensa para os clientes
  • Experiências de compra ou serviços

Gostou do nosso conteúdo sobre Marketing Direto? Se você precisar tirar dúvidas sobre como criar estratégias de marketing direto para o seu negócio, fale com um especialista por WhatsApp.

E AÍ, GOSTOU? COMPARTILHE e nos acompanhe nas redes sociais e confira muitos outros conteúdos exclusivos: estamos no Instagram ou no YouTube!

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?