curso de vendas
Marketing de Serviços

Marketing de Serviços: o que é, 8 ps, quais os tipos e como fazer

Blog   ·  Criado em 07/02/2020   ·   Atualizado em 09/02/2021   · ​ 22 minutos

Marketing de Serviços

De várias maneiras, vender um serviço é até mais difícil do que vender um produto, por isso o marketing de serviços é importante para os empreendimentos dessa área. Desvendar o que é marketing de serviços, os 8 PS do marketing de serviços, e quais são os tipos de marketing de serviços são as duas chaves de sucesso para gabaritar no assunto.

A venda de um serviço, diferente da venda de um produto, consiste em oferecer uma ação em longo prazo, que afeta permanentemente a vida do cliente. Por isso, o marketing de serviços demanda algumas estratégias diferentes do marketing de produto.

Coloque-se na posição de consumidor: se você precisa ir ao cabeleireiro, por exemplo, o que o faz escolher um no lugar do outro? Afinal, é um mercado de alta concorrência, e é bem provável que você conheça alguns no seu bairro. Portanto, para decidir por um salão pela primeira vez, você talvez leve em conta fatores como a localização, a qualidade aparente dos serviços, a cordialidade no atendimento, ou mesmo uma indicação.

Os mesmos critérios valem para qualquer outra área: os clientes levam em conta não só esses, mas diversos outros questionamentos que o levam a confiar ou não naquela empresa, e é aí que entram os tipos de marketing de serviços

Afinal, não basta apenas conquistar o cliente uma vez: para que o empreendimento dê certo, ele precisa de um público fiel, que sempre retorna quando precisar do mesmo serviço de novo. Conseguindo a fidelidade de seus clientes, você terá renda garantida e ainda conquista novos consumidores por meio de indicações.

O que é marketing de serviços?

O que é marketing de serviços?

O marketing de serviços é o marketing específico para esta área, e tem como objetivo destacar serviços da empresa em meio a tantos outros concorrentes. Além disso, visa provar para o cliente de que vale a pena investir naquele serviço e empresa.

Para atingir este objetivo, existe uma variedade de tipos de marketing de serviços, usando estratégias e táticas para ajudar a mostrar o valor do serviço e, consequentemente, convencer um cliente a escolher a empresa.

Saber o que é marketing de serviços é o primeiro passo para desvendar as formas de impulsionar um novo negócio e conquistar um público fiel. Quer se aprofundar? Siga a leitura abaixo!

Quais as diferenças entre marketing de produtos e serviços?

Quando falamos sobre o que é marketing de serviços, a primeira pergunta que deve passar na sua cabeça é "quais as diferenças entre marketing de produtos e serviços?”. A principal diferença entre um serviço e um produto é que o primeiro é intangível. 

Ou seja, enquanto você pode trabalhar a venda de um produto através do tato e do físico, o mesmo não vale para o serviço. Se você for adquirir um sofá, você baseará grande parte da sua decisão de compra no que você está vendo e tocando, já se precisar consertar um carro, por exemplo, a maior parte da sua decisão será baseada em confiança.

Uma exceção a esta regra são os infoprodutos, que é uma forma de produto que, apesar de não ser palpável, não se encaixa nos mesmos tipos de marketing de serviços.

Outra diferença é que, por mais bem treinados que sejam os profissionais, os serviços prestados nunca saem idênticos um ao outro, já que se trata de um trabalho humano. Por outro lado, o produto pode ser fabricado, e a não ser que tenha erro de fabricação, na maioria das vezes, todos os produtos serão iguais.

Uma terceira diferença é que, mais do que o produto, o serviço é a cara da empresa. É impossível desvincular o prestador de serviço do serviço em si, e isso significa uma responsabilidade ainda maior com o cliente. A empresa precisa convencer seu público de que ela e seu serviço oferecido são igualmente confiáveis e isso é o que o marketing de serviços propõe.

Aprenda mais sobre marketing de produto.

Os 8 Ps do marketing de serviços

Os 8 Ps do marketing de serviços

O primeiro passo para colocar em prática as estratégias de marketing de serviço é entender em quais princípios ele se baseia, certo, por isso os 8 PS do marketing de serviços são tão importantes.? 

Basicamente, marketing de serviços se baseia em 8Ps, ou seja, 8 palavras que começam com a letra P e que têm o papel de auxiliar na conquista de novos clientes.

O marketing tradicional é conhecido por seus 4Ps, e acredite que inicialmente os 4 PS do marketing de serviços funcionavam bem, eles indicavam alguns fatores essenciais para o seu bom funcionamento. Com a evolução do marketing, este número dobrou, confira a seguir os 8 Ps do marketing de serviços:

1. Produto

Calma, não precisa se confundir! Neste caso, o produto é o serviço sendo vendido. A palavra, neste caso, tem o sentido de ser algo que gera valor positivo para o cliente.

Portanto, neste item, você deve deixar claro qual é o "produto" sendo vendido e qual seu diferencial.

2. Preço

Estabelecer um bom preço pode ser complicado. Procure avaliar a concorrência, mas também a qualidade do serviço e seus custos, para não perder o lucro.

3. Praça

A praça é o local (físico ou não) no qual o serviço é oferecido. Você deve decidir se será em um estabelecimento alugado, na sua própria casa, pela internet... não se esqueça de avaliar a logística de fornecimento e atendimento. A praça vai definir parte de seu público-alvo.

4. Promoção

Não estamos falando de descontos nem nada do tipo, mas de como o serviço é promovido. Isso inclui a escolha dos meios de divulgação, como as redes sociais, telemarketing ou banners, por exemplo.

5. Processos

Todos os procedimentos internos devem estar bem definidos para que o serviço seja bem realizado e bem apresentado. Isso inclui métodos e fluxos de todos os tipos que envolvem o desenvolvimento do serviço.

6. Palpabilidade

O serviço é intangível, mas há alguns fatores ao seu redor que podem representá-lo fisicamente. É o caso do local, dos equipamentos usados ou mesmo da apresentação - através de uniformes dos funcionários, de cartões de visita ou do site profissional da empresa.

7. Produtividade

Trata-se da qualidade do serviço, fundamental para a confiança do cliente. Seu papel aqui é se certificar de que a empresa consegue fornecer o que vende.

8. Pessoas

Todos os profissionais envolvidos no serviço, desde os próprios prestadores até atendentes, gerentes, e até mesmo o empreendedor. Afinal, a força de trabalho é o foco, os trabalhadores precisam de um bom tratamento.

Como aplicar o marketing de serviços?

Agora que você já sabe o que é marketing de serviços, quer aprender como fazê-lo com eficiência? Siga os passos:

  1. Mantenha o foco nas pessoas: no final o que conta são as experiências que você oferece para agradar seus clientes;

  2. Tenha diferenciais bem definidos: para os clientes parece que as marcas são todas iguais e o que diferencia uma da outra é o preço. Fuja disso! Mostre seu valor e venda isso;

  3. Estabeleça o objetivo: imagine o que você quer. Seja aumentar sua base de clientes ou aumentar as vendas;

  4. Estabeleça as metas: não fique de braços cruzados esperando os clientes chegarem. Defina um objetivo e pesquise de quais maneiras você vai conseguir conquistá-lo e em quanto tempo;

  5. Faça um planejamento para cada ação utilizando os diversos tipos de marketing de serviço: não saia atirando para todos os lados. Seja objetivo e trace um caminho para chegar até eles;

  6. Monitore os resultados: o monitoramento vai ajudá-lo a saber o que está funcionando e o que precisa ser repensado;

  7. Ajuste sempre que precisar: não tenha medo de mudar no meio do caminho. O que você não pode é perder dinheiro.

Exemplos de como fazer o marketing de serviço na prática

Já contamos o que é marketing de serviços e como diferenciá-lo do marketing comum, mas, afinal, como usar os tipos de marketing de serviço na prática?

Imagine que um serviço de manicure está sendo ofertado perto de sua casa. A dona do estabelecimento pesquisou as necessidades das clientes e usou os 8 Ps. Ela percebeu que estava cobrando um preço justo, mas que as pessoas buscavam por mais conforto, então ela investiu em um ar-condicionado no salão e cadeiras mais macias, além de uma TV.

Através das redes sociais, ela divulgou a novidade e aproveitou para informar a variedade de serviços prestados. Os clientes passaram a acessar o site pelas redes sociais, e isso trouxe ainda mais credibilidade para a manicure.

Todas as ações tomadas pela dona do salão para atingir mais público são tipos de marketing de serviços.

Outro exemplo pode ser uma estratégia de marketing de serviços para um curso online. Neste caso, o foco na divulgação deve ser no professor e na facilidade de estudar pela internet, já que esses são os pontos fortes do serviço.

O meio de comunicação pode ser, além das redes sociais, um site profissional com todas as informações disponíveis. Para trazer ainda mais credibilidade, o curso utiliza um e-mail profissional para responder as dúvidas.

Como montar um plano de marketing de serviços?

Para entender como usar o Marketing de Serviços na prática, é importante estar preparado para montar um plano específico para isso. Afinal, toda estratégia de publicidade ou marketing depende da qualidade do planejamento feito para montar as ações que serão executadas. 

Veja abaixo algumas das ações que ajudarão a montar um plano de marketing de serviços adequado para o seu negócio!

Estude todos os tipos de marketing

tipos de marketing

Para poder usar um determinado tipo de marketing (como o de serviços), é importante entender como outros tipos de marketing funcionam. 

Isso porque é mais fácil aprender os detalhes de uma coisa ao compará-la com outras. Além disso, estratégias de marketing podem ser complementares, ou seja, você pode usar diferentes práticas para destacar a sua empresa.

Por exemplo, o marketing de serviço funciona muito bem com o marketing de conteúdo, uma vez que o conteúdo ajuda a educar o mercado e a tornar seu lead “mais preparado” para fechar negócio.

Veja abaixo alguns exemplos de opções de marketing para estudar:

Entenda o que é marketing de conteúdo com o vídeo abaixo:

Determine as personas da sua estratégia

Toda ação de marketing precisa de uma persona, um perfil semi fictício que representa o seu cliente ideal. Esse perfil deve conter os dados demográficos do seu público-alvo, assim como, informações sobre as necessidades dele e seus principais pontos de acesso para a estratégia.

Por exemplo, imagine um escritório de advocacia focado em casos de divórcio. Uma possível persona poderia ser:

  • “Laura, 53 anos, casada há 20 anos. Ela é gerente de banco em sua cidade e ganha R$7.000,00 por mês. Laura descobriu recentemente que o marido tem casos extraconjugais e não conseguiu processar as informações. Recebe muita pressão da família para evitar o divórcio, mas apoio de amigos para se separar. Ela costuma acessar as redes sociais todos os dias de manhã e antes de dormir”.

Essa persona já entrega uma série de informações que serão usadas nas ações de marketing e, inclusive, indica os melhores horários para divulgar anúncios ou postar conteúdos nas suas páginas (de manhã e à noite, perto do horário de dormir). Isso permite guiar melhor a sua estratégia.

Para montar uma boa persona, é necessário estudar os seus clientes atuais, além dos serviços oferecidos. Dessa forma, será possível entender quem é o seu cliente, o que ele faz, seus hábitos e como chegou até você, além de como seus serviços são úteis.

Entenda mais sobre o que é persona:

Explore as ferramentas adequadas

Sua persona indicará quais são as ferramentas adequadas para poder criar sua estratégia de marketing de serviço. Se sua persona for alguém que costuma ler muitos e-mails, um mailing list pode ser uma boa estratégia. Se for alguém que consome muitas redes sociais, então tente alcançá-la via Facebook e Instagram.

Faça um Funil adequado

O Funil de Vendas é a base para uma estratégia de vendas online. Basicamente, consiste em atrair um bom número de interessados e então ir conduzindo essas pessoas até fecharem contrato com você.

Para isso, monte uma estratégia que contemple ações que peguem a pessoa desde o estágio em que ela não conhece nada sobre o seu serviço até estar pronta para fechar negócio com você. Cada estágio do funil pode ser tratado com uma ferramenta diferente, dependendo do seu negócio ou persona.

Entenda mais sobre o que é funil de vendas:

Como aumentar a otimização da sua estratégia?

Agora que você já sabe o que é marketing de serviços, como montar uma boa estratégia para usá-lo no dia a dia e quais os tipos de marketing de serviços, é hora de aprender como otimizar essa estratégia. Veja a seguir algumas dicas!

Mensure tudo

A dica mais básica e importante para quem quer otimizar uma estratégia de marketing é mensurar absolutamente tudo sobre ela, desde o número de pessoas alcançadas até o total de conversões, passando por muitas outras informações.

O objetivo é ter acesso a todos os dados básicos sobre o seu desempenho e poder identificar gargalos de produtividade, pontos negativos e muito mais. Com isso, você poderá ter uma base para trabalhar e ir melhorando cada detalhe.

Faça Testes A/B

Uma das melhores maneiras de aprimorar sua estratégia é fazer Testes A/B em cada detalhe da sua estratégia. É melhor usar essa palavra ou aquela? É melhor usar um emoji no conteúdo ou não? O que converte mais? E o que converte menos? Faça essas perguntas e trabalhe para encontrar as respostas ao realizar os testes.

Conheça o Google Optimize para testes A/B.

Veja seus concorrentes

Por fim, analise os seus concorrentes. Veja os resultados deles nas estratégias mais importantes para você e tente obter insights do que eles fazem. Não é para copiar o conteúdo deles, mas sim entender o que estão fazendo, por que estão fazendo e se faz ou não sentido para você fazer também.

Pronto para começar com o marketing de serviços?

Hoje, você aprendeu o que é marketing de serviços, quais as diferenças do marketing comum e como usar os tipos de marketing de serviços a seu favor e muito mais. Mas, como vimos, colocar todas essas estratégias em prática não é uma missão fácil.

Por isso, vale a pena contar com a ajuda de quem já domina o mercado e pode transformar os resultados da sua empresa. Contratar uma agência de marketing digital focada em alta performance e especializada na criação de sites, pode ajudar e muito.

E aí, gostou do nosso conteúdo sobre marketing de serviço? Você pode nos acompanhar nas redes sociais e conferir muitos outros conteúdos exclusivos: estamos no Instagram ou no YouTube.

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?