Marketing de Produto
Saiba como usar o

Marketing de Produto

Blog   ·   30/10/2019   ·   ​11 minutos

Marketing de Produto

O marketing possui muitas escolas e vertentes, cada uma responsável por divulgar uma área do negócio. O marketing de produto, por sua vez, é encarregado de gerar necessidade para a mercadoria ou lançar novos produtos no mercado.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é só itens inovadores que precisam do marketing de produto. Essa estratégia pode ser usada para realçar os diferenciais do que você vende, bem como gerar um posicionamento específico para suas mercadorias.

Veja neste post o que é marketing de produto, para que serve e como aplicá-lo definitivamente em seu negócio. Leia este post agora mesmo e tire todas as suas dúvidas sobre esse tipo de marketing.

O que é marketing de produto?

Marketing de produto é uma abordagem de divulgação que visa promover um determinado produto, ou serviço, para um nicho de mercado ou público específico.

Essa estratégia pode ser usada para lançar um novo produto no mercado. Nesse caso, o maior intuito da empresa é gerar a necessidade e demanda desse produto, e promover a aceitação dele no mercado.

Outra maneira de utilizar o marketing de produto é quando uma empresa pretende lançar um item complementar aos produtos que já vende.

Deste modo, ela irá vender para as pessoas que já são seus clientes, o que em teoria é mais fácil. Contudo, ainda é necessário gerar a necessidade da nova mercadoria nos clientes fidelizados e mostrar a eles os benefícios da compra.

O marketing de produto também pode ser usado como fonte de pesquisa. Uma determinada empresa pode promover experimentos com um pequeno grupo de pessoas, por exemplo, para obter o feedback em relação ao seu produto.

Depois desse levantamento, a marca deve providenciar as melhorias necessárias para deixar o item mais atrativo no mercado.

Nessa pesquisa de mercado também é possível levantar informações e ideias para um novo lançamento e produtos completamente inovadores.

Como fazer o marketing de produto?

Agora que você já sabe o que é o marketing de produto, o próximo passo é entender como aplicá-lo no seu negócio. Este conceito se divide em cinco passos básicos, os quais vamos entender melhor a seguir.

Conheça o seu público-alvo a fundo

A primeira coisa a fazer é conhecer o público-alvo de seu produto, sem dúvida. É preciso entender o que as pessoas esperam do item a ser comercializado, como se comportam em relação à compra do bem, entre outros fatores.

O perfil do comprador é que determinará as principais características da mercadoria, como o preço, funcionalidades, etc.

Portanto, é essencial fazer uma pesquisa de mercado para conhecer melhor o potencial comprador dessa mercadoria.

Para os casos em que o produto já existe no mercado, esse passo de pesquisa é essencial para conhecer as vulnerabilidades da concorrência.

Em outras palavras, as falhas nos produtos que causam descontentamento nos clientes.

Com base nessas informações sua empresa pode resolver essas questões e lançar uma versão do produto mais otimizada.

Desenvolva o posicionamento do produto

O posicionamento de um produto também pode ser chamado de “produto ampliado”.

Esse conceito quer dizer que a empresa foi mais além do que as características básicas do item e adicionou aspectos exclusivos da marca ao produto.

Conseguimos entender esse conceito de modo mais claro, quando observamos os smartphones e outros produtos da Apple.

Essas mercadorias possuem um posicionamento claro e totalmente diferenciado das concorrentes, deixando clara a mensagem do fabricante.

O posicionamento de seu produto pode ser:

  • praticidade;
  • melhor custo x benefício;
  • maior valor agregado;
  • simplicidade no uso;
  • entre outros.

Defina a mensagem da empresa

  • Como a sua empresa pretende comunicar o produto para o público-alvo?
  • Quais serão as palavras usadas na comunicação?
  • Qual o canal será usado para divulgação primária do produto?

Quando falamos na inserção de um produto no mercado a mensagem da empresa é determinante. É preciso criar um discurso de vendas atrativo, lógico e único para que o produto tenha sucesso.

A mensagem da empresa também pode ser o diferencial, que vimos no tópico anterior. Pois, mesmo as mercadorias completamente iguais podem ser comunicadas de forma diferente ao público.

Essa diferenciação de mensagem pode gerar mais ou menos valor ao produto, dependendo do tipo de comunicação.

Outra coisa a se ter em mente é que a sua mensagem precisa estar de acordo com o público-alvo, de preferência usando a mesma linguagem que o cliente.

Além disso, essa comunicação deve condizer com os benefícios e características reais do produto, evitando causar uma “propaganda enganosa”.

Mostre o diferencial de seu produto

Nesse estágio do marketing de produto é hora de se diferenciar dos concorrentes e mostrar as vantagens do que está vendendo.

Por que seu produto é melhor? Qual o motivo para seus clientes comprarem de você, ao invés do concorrente? Essas são algumas perguntas interessantes de responder nessa hora.

Se você mapeou bem o seu público-alvo, ouviu as necessidades do público antes de desenvolver o produto, será mais fácil se destacar no mercado. Afinal de contas, você pode usar do feedback dos potenciais compradores para criar os diferenciais de seu produto ou serviço.

Vale lembrar, no entanto, que a própria marca pode ser considerada um diferencial.

Um exemplo clássico são os produtos da Apple, que já são sinônimos de itens mais caros e com qualidade elevada. Entretanto, para chegar a esse estágio, também é necessário trabalhar o branding do negócio a parte.

Promova a integração das equipes

O último passo do marketing de produto consiste no lançamento em si, o momento que você apresenta o produto ao mercado.

Mas para tornar um lançamento um sucesso é necessário integrar toda a equipe do negócio, ou seja, as pessoas que possuem algum contato com a mercadoria.

Tudo o que foi desenvolvido até agora deve ser apresentado aos colaboradores, de modo que todos falem a mesma língua.

Além disso, essa integração, também vai facilitar na hora da venda. Já que vendedores estarão treinados para responder as dúvidas dos clientes, o pós venda estará funcionando perfeitamente, entre outros exemplos.

Como pudemos observar, o marketing de produto foca no item a ser vendido e em gerar demanda para o negócio. Ele trata de gerar consciência do problema e necessidade da mercadoria, de modo que as vendas cresçam gradativamente.

Em negócios inovadores é comum que essa estratégia seja usada, mas todas as empresas precisam focar no marketing de seus produtos. Afinal de contas, esta é uma excelente maneira de se diferenciar no mercado e gerar mais vendas.

Etapas do Marketing de Produto?

Os resultados tangíveis de uma estratégia de marketing de produto podem incluir:

- O desenvolvimento do público-alvo: antes de um produto ser lançado, o Marketing de Produto vai desempenhar um papel fundamental na construção e definição do público-alvo e a entender melhor como o cliente potencial funciona.

- O posicionamento e a comunicação empregado pelo produto: o posicionamento de um produto se dá a partir de três perguntas básicas 1) Para quem é esse produto? 2) O que este produto faz? 3) Por que este produto é diferente dos outros?

- A criação de um plano de lançamento.

- A preparação da equipe interna.

- O lançamento do produto.

Você faz o marketing de produto em sua empresa? Compartilhe sua resposta abaixo e interaja com a gente!

Se você desejar mais conteúdos como este, estamos nos canais Facebook, no LinkedIn, no Instagram ou no YouTube.

A missão das Franquias de Sucesso é trazer performance ao seu negócio por meio da internet!

Quer implementar uma estrutura de marketing digital, ou simplesmente se desejar fazer o seu negócio crescer? Fique à vontade em falar conosco.

Transforme suas ideias em performance digital!

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?