curso de vendas
O que é Tráfego Orgânico e Tráfego Pago

Aprenda o que é tráfego e como impulsionar o site no Google

Blog   ·  Criado em 10/09/2019   ·   Atualizado em 27/05/2021   · ​ 28 minutos

O que é Tráfego Orgânico e Tráfego Pago

Se tem uma coisa que define o sucesso de qualquer website com certeza é o tráfego. Afinal, sem visitantes na sua página de vendas ou blog é impossível ter algum tipo de engajamento para gerar conversões, como uma venda ou o download de um ebook, não é?!

Melhor ainda é aparecer no Google na primeira página, uma vez que ela recebe 95% do tráfego da web, o que aumenta as chances de ter mais acessos em um website.

Por isso, as empresas têm investido cada vez mais nos diferentes tipos de tráfego e estratégias que podem levar mais visitantes para os seus websites.

Mas não existe uma fórmula mágica e, sim, várias estratégias eficazes relacionadas ao tráfego pago e ao tráfego orgânico que podem fazer com que o site seja encontrado pelo maior buscador do mundo. Encontrar uma boa consultoria de marketing digital ajuda e muito.

Como?! Para te ajudar nessa tarefa, preparamos este conteúdo. Nele você encontra:

  • O que é tráfego?
  • E, quais são os tipos de tráfego para site?
  • Qual a importância do tráfego para site?
  • Como gerar tráfego para site da maneira correta?
  • Como impulsionar o site no Google?
  • Como impulsionar o site no Google com tráfego orgânico?
  • Como impulsionar o site no Google com tráfego pago?
  • Pronto para impulsionar o site no Google e gerar mais tráfego para aumentar as suas vendas?

Vamos lá?!

Mas, afinal, o que é tráfego?

O que é tráfego?

Tráfego refere-se ao número de visitantes que uma página da web recebe. Sempre que um usuário visita uma página de um website o tráfego é medido em “visitas”, que também são chamadas de sessões. 

O tráfego é considerado uma métrica importante para medir o sucesso na web, uma vez que ele é uma maneira de mensurar a eficiência de atrair o público. 

No entanto, esse tráfego precisa ser direcionado e vir de pessoas que estão interessadas em seus produtos/ serviços ou conteúdos para melhorar as métricas de conversão dentro do seu website.

Existem diferentes tipos de tráfego que apontam quais são as origens do tráfego: orgânico, pago, direto, referência, social, e e-mail marketing. Saber de onde vem o tráfego do seu site permite criar estratégias mais eficazes para aumentar o número de visitas.

E, quais são os tipos de tráfego para site?

tipos de tráfego

As principais fontes de tráfego são:

Tráfego orgânico

O tráfego orgânico refere-se aos visitantes que chegam ao seu site através dos resultados de mecanismos de pesquisa da web não pagos (orgânico). Ele acontece quando um usuário faz uma pesquisa no Google e são apresentados diversos resultados pagos e não pagos.

Quando ele clica em qualquer um dos resultados não pagos, sua visita é registrada como tráfego de pesquisa orgânica. 

Tráfego orgânico

Na maioria das vezes, o tráfego orgânico é impulsionado pelo SEO - Otimização para Mecanismo de Busca, em português. Mas, também pode ser afetado pelas campanhas, por exemplo, nas mídias sociais, que aumentam o tráfego orgânico durante sua execução.

Tráfego pago

O tráfego pago é somente aquele gerado por meios pagos, podendo ser os anúncios feitos nos mecanismos de buscas, como o Google Ads. Ele acontece quando o usuário faz uma pesquisa no Google e clica em uma das opções pagas. Entenda mais como funciona o Google Ads.

São as primeiras posições numa página de resultados. O tráfego pago também é aquele feito através de anúncios nas redes sociais, como Facebook Ads, Instagram Ads e LinkedIn Ads. Além do YouTube Ads.

Saiba tudo como anunciar no Google.

Tráfego de referência

O tráfego de referência nada mais é aquele em que os visitantes chegam ao seu site através de outros sites ou redes sociais. É como uma recomendação de um site para o outro. Por isso, o tráfego de referência é uma das fontes de tráfego mais valiosas.

Mas, o tráfego de referência também pode ser aquele gerado pelos visitantes que chegaram até o seu site através de anúncios em banners com código de rastreamento colocado em outros sites. Por isso, vale a pena saber de onde vem exatamente o seu tráfego de referência.

Tráfego direto

O tráfego direto refere-se aos visitantes que chegam até o seu site digitando o URL diretamente no navegador, em links marcadores como favoritos e, até mesmo, links de documentos e e-mails que não são rastreados. Basicamente, o tráfego direto é representado pelo acesso direto ao seu site.

E incluem os usuários que não vem dos mecanismos de buscas, seja por meio orgânico ou pago. Também são aqueles que não vêm de outros sites e redes sociais. A melhor maneira de atrair tráfego direto para o seu site é construindo sua autoridade online e distribuindo e-books com links do seu site.

Qual a importância do tráfego para site?

tráfego para site

O tráfego para site é importante porque o número de visitantes representa as oportunidades que você tem para gerar novos clientes. Então, quanto mais tráfego para seu site, melhor. Mas você precisa focar em tráfego qualificado, pois nem todo tráfego é bom.

Mas, o que é tráfego qualificado? É aquele formado por visitantes que têm interesse no seu conteúdo e possui um grande potencial para comprar um produto ou contratar um serviço. Os resultados positivos do tráfego qualificado vão muito além das conversões.

O tráfego qualificado também ajuda a impulsionar o site no Google. Afinal, um visitante qualificado passa mais tempo no seu site e interage com seus conteúdos. Isso faz com que ele ganhe relevância no Google.

Como gerar tráfego para site da maneira certa?

Como gerar tráfego

Para atrair tráfego qualificado para seu site, é importante saber como gerar tráfego para site da maneira certa. Isso é possível através de uma boa gestão de tráfego, que consiste em criar e implementar estratégias com base no (a):

  • objetivo do tráfego;
  • melhor fonte de tráfego para atingir o objetivo desejado;
  • valor do investimento;
  • oferta ou conteúdo;
  • comportamento da buyer persona / público-alvo.

Devido à complexidade e importância dessa tarefa, muitas empresas apostam na contratação de um gestor de tráfego. Se quiser saber mais sobre esse profissional que pode ajudar a alavancar os resultados do seu site, entre em contato conosco.

Como impulsionar o site no Google?

como impulsionar o site no Google

Como vimos, existem diferentes tipos de tráfego. Por isso, apresentaremos, a seguir, algumas dicas de como impulsionar no Google abordando cada um. Veja só:

Entenda como o Google classifica os websites

Antes de desenhar ou implementar qualquer estratégia de tráfego para impulsionar no Google, é essencial entender como o Google classifica os sites. O posicionamento de um site é determinado por diversos fatores presentes na estrutura do site em si.

Também pelo conteúdo e estrutura de cada página. Esses fatores estão diretamente relacionados com o tráfego orgânico. E, por último, o relacionamento do site com outras páginas, que está diretamente relacionado com o tráfego de referência.

Cadastre seu site no Google Search Console

Você está no Google? Para ser encontrado pelo Google tenha certeza de que você está no Google. Um site não está no Google quando está conectado com outros sites, ele acabou de ser lançado e o Google ainda não teve tempo de anexá-lo.

Ou, ainda, o design do seu site dificulta o rastreamento. Como colocar seu site no Google? Cadastre seu site no Google Search Console. Feito isso, é hora de ajudar o Google e os usuários a encontrarem o seu site. Vamos lá?!

Crie um blog e publique com frequência

criação de blog é uma ótima maneira de impulsionar o site no Google. Isso porque os usuários geralmente fazem pesquisas sobre algo antes de concluir uma compra. Assim, se você criar conteúdos relacionados às dúvidas da sua persona pode atraí-la para o seu blog.

E, sempre que ela tiver alguma dúvida recorrerá a ele. Quando ela estiver pronta para concretizar uma compra se lembrará, por meio dos seus conteúdos, onde ela pode encontrar a melhor solução. Essas visitas mostram para o Google o quanto seu site é importante.

Tenha conteúdos diversos no site/ blog

Ter conteúdos de qualidade e alinhados com cada etapa da jornada de compra do cliente e o funil de vendas é uma das melhores maneiras de impulsionar no Google e, com isso, atrair mais tráfego orgânico para o site.

Então, certifique-se de criar diversos conteúdos no site/ blog. E, principalmente, tenha certeza de que o conteúdo do seu site é adequado para palavras-chave específicas. Pois, assim, você mostra ao Google que tem respostas claras e confiáveis para as dúvidas dos usuários.

Cadastre sua loja no Google Meu Negócio

Se você tem um negócio físico, como um escritório de contabilidade, de advocacia ou um consultório de nutrição, então precisa registrar seu site no Google Meu Negócio. Pois quando você registra seu site no Google Meu Negócio ele verifica se o seu negócio realmente está no local especificado.

Isso faz com que você tenha mais chances de aparecer nos resultados de buscas geográficas do Google quando as pessoas estão procurando por serviços/ produtos que você oferece na área que você opera. Sem contar que isso ajuda a impulsionar o site no Google.

Conheça outras ferramentas do Google que podem ajudar o seu negócio crescer.

Disponibilize o link do seu site nas redes sociais e nos e-mails

As redes sociais tornaram-se uma ferramenta poderosa de atração de tráfego para o seu site, principalmente o Instagram e o Facebook. Então, aproveite esse espaço para divulgar o seu site. Assim, gerar tráfego de referência, aumentando sua autoridade online.

Também aposte na divulgação do seu site nos seus e-mails. Para isso, basta incluir o URL do seu site na assinatura do e-mail. Além disso, você pode investir em e-mail marketing do tipo newsletter para gerar tráfego para o seu blog.

Como impulsionar o site no Google com tráfego orgânico?

tráfego orgânico

Dentre os tipos de tráfego, sem dúvida, o mais importante é o tráfego orgânico. Pois não envolve custos diretos, apenas indiretos (agência especialista em SEO, web designer e redator de conteúdo para internet), tornando-se uma fonte de tráfego relativamente mais barata.

Por isso, separamos algumas dicas específicas sobre como impulsionar no Google com tráfego orgânico. Confira!

Escolha as palavras-chave certas

É importante identificar as palavras chaves-certas em cada página e conteúdo do seu site para impulsionar no Google. Também certificar-se de que sejam utilizadas da maneira certa. Para descobrir quais são as melhores palavras chave faça uma pesquisa sobre a intenção de pesquisa dos usuários.

E análise o volume de pesquisas de cada uma delas e em qual etapa do funil de vendas se encaixam e não esqueça de ver o quão difícil será classificá-la. Depois adicione suas palavras-chave nos títulos da página, meta descrição, cabeçalhos e conteúdos.

Acompanhe notícias e tendências para atualizar e produzir conteúdos

O Google pode descobrir se o seu site contém informações atualizadas e ele valoriza isso. Pois entende que um conteúdo atualizado demonstra o interesse em manter o leitor dentro das mudanças relacionadas a determinado assunto. Por isso, evite páginas desatualizadas.

Para descobrir conteúdos com alto poder de viralização acompanhe as tendências para a produção de conteúdo, muito usado no marketing viral. Como? Siga sites e blogs nacionais e internacionais, fique de olho no Google Trends, e cadastre termos relevantes no Google Alerta.

Faça conteúdos que se encaixam na posição zero do Google

Você sabia que é possível estar no topo da página de resultados sem precisar investir em anúncios pagos ou estar em primeiro lugar por meio das estratégias de SEO? Basta alcançar a posição zero do Google. E você verá que conquistá-la vai ajudar a impulsionar seu site no Google.

Como fazer isso? Aposte na criação de conteúdos que exibam uma resposta direta e objetiva para determinada dúvida ou um tutorial com o passo a passo que responda a pergunta em questão para que o Google possa entender facilmente que você está respondendo determinada palavra-chave.

Conheça mais técnicas de SEO com esse curso de SEO.

Inclua links internos e externos estratégicos no conteúdo

Como já vimos, o tráfego de referência ajuda seu site a ganhar autoridade online e, com isso, ganhar alguns pontos com o Google. Existem duas maneiras de gerar link externos: por meio da divulgação nas redes sociais e indicação de outros sites que pode ser por meio de guest post.

Além dos links internos, o Google também valoriza os links internos (aqueles que direcionam para outras páginas do seu site/ blog). Pois ajuda o Google a entender melhor seu negócio. Então, crie diversos conteúdos e conecte-os por meio dos links internos.

Tenha um site mobile e responsivo

Os dispositivos móveis representam grande parte do tráfego na internet. De acordo com a Content Trend, 89,5% dos entrevistados acessam os conteúdos online por meio dos smartphones. Assim, as empresas também precisam concentrar-se na mobilidade.

E, o Google sabe disso. Então, se você quer impulsionar seu site no Google precisa investir na mobilidade. Além disso, também aposte em um site responsivo. Afinal, ninguém quer acessar o conteúdo de um site, independente do dispositivo que utilize, e seu conteúdo fique distorcido.

A criação de sites profissionais pode fazer muita diferença para qualificar seu tráfego.

Otimize a velocidade do site ao máximo

O Google utiliza a velocidade de carregamento do seu site como um dos fatores de ranqueamento.  Pois os usuários tendem a abandonar uma página quando ela demora mais de 3 segundos para carregar. Então, é importante que o seu site carregue o mais rápido possível.

Como otimizar a velocidade do site? Reduza o número de redirecionamentos, minifique seus arquivos CSS, Javascript e HTML, ative a compactação gzipe e use uma rede de distribuição de conteúdo. Também elimine recursos desnecessários, como plugins e scripts.

Como impulsionar o site no Google com tráfego pago?

tráfego pago

O tráfego pago é uma das fontes de tráfego mais utilizadas, pois é a que traz resultados mais rápidos já que com o lance e as configurações certas você consegue colocar seu site nas primeiras posições do Google.

Sem contar também que isso ajuda a melhorar a posição dos seus resultados orgânicos, como vimos. Pensando nisso, trouxemos algumas dicas específicas de como impulsionar no Google com tráfego pago:

Comece a usar o Google Ads

A principal ferramenta para criar anúncios pagos que ajuda a impulsionar o site no Google é o Google Ads (veja como fazer anuncio no Google). Não é só porque ela pertence ao próprio mecanismo de buscas. Mas também porque ela tem um alto nível de segmentação para que o anúncio seja exibido para as pessoas que possam ter interesse no seu anúncio. Veja ainda essa lista de 22 ferramentas do marketing digital.

Sem contar que os seus anúncios podem aparecer em vários lugares da web, dependendo do objetivo do seu anúncio e da segmentação. Por exemplo, eles podem ser exibidos na rede de pesquisa, na rede de display (sites parceiros do Google) e no YouTube.

Para saber como utilizar esse recurso de forma completa, recomendamos uma consultoria Google Ads.

Crie anúncios no Google Shopping Ads

Os anúncios do Google Shopping Ads são eficazes porque mostram a imagem do produto e informações importantes, como preços, atributos e características. Por causa disso, tem uma taxa de conversão de 130% maior do que os anúncios em texto.

Por isso, se você está querendo impulsionar seu site no Google que vende produtos, o Google Shopping Ads pode ajudar. Então, abra já a sua conta no Google Merchant Center e comece a divulgar os seus produtos no Google Shopping Ads.

Aprenda como anunciar no Google Shopping.

Anuncie no YouTube

O YouTube é uma fonte de tráfego pago que traz muito retorno se utilizado da maneira correta. Criativos para essa estratégia faz toda a diferença.

Como anunciar no YouTube.

Tráfego orgânico ou tráfego pago: qual é o melhor para o impulsionamento de site?

A resposta é muito simples: as duas estratégias são complementares. Isso quer dizer que o seu website obterá muito mais performance se investir nessas duas ações!

Mas, como decidir qual usar em determinado momento? Bem, para isso, basta saber qual é o seu objetivo. Por exemplo, se você precisa de performance rápida e dispõe de dinheiro, aposte na compra de tráfego.

Agora, se o objetivo for criar um conteúdo que agregue valor e que seja utilizável por um período relativamente longo, aposte em gerar tráfego orgânico. Lembre-se que ações nos dois casos podem ser desenvolvidas ao mesmo tempo. 

Pronto para impulsionar o site no Google e gerar mais tráfego para aumentar suas vendas?

como impulsionar no Google

Ao longo deste artigo entendemos o que é tráfego e descobrimos quais são os tipos de tráfego para site. Também vimos como impulsionar tráfego para site da maneira certa e como impulsionar no Google o seu site. Esperamos que nossas dicas possam ajudá-lo nessa tarefa.

Gostou do nosso artigo sobre como impulsionar no Google? Quer saber mais informações sobre o mundo do marketing? Então, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de  todas as nossas atualizações. Estamos no Instagram e no YouTube.

Se você se sente perdido ou inseguro na hora de planejar ou implementar estratégias para impulsionar seu site no grupo, entre em contato com a nossa equipe que ficaremos felizes em te apresentar soluções para lhe ajudar.

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?