Como criar um Blog

Como criar um Blog

Blog   ·  Criado em 18/07/2019   ·   Atualizado em 21/05/2021   · ​ 49 minutos

Como criar um Blog

Então, você quer aprender como criar um blog? Essa é uma das melhores decisões para o seu negócio. Mas antes de começarmos, queremos falar sobre porque devemos um blog criar. 

O blog é uma maneira rápida e eficiente de atrair visitantes para o seu site. Por ser gratuito e, geralmente, oferecer conteúdos relevantes para os leitores, o blog faz parte da rotina de empresas e pessoas que usam a internet como fonte de informação. 

Portanto, ao aprender como criar um blog, você terá uma excelente ferramenta para atrair novos clientes, construir autoridade online e mostrar o seu negócio do jeito certo. 

Mas, afinal, como criar um blog para aproveitar todas essas vantagens? 

A princípio começar um blog pode parecer algo desafiador - e muito confuso! Mas criamos este guia para simplificar o processo de criação de blog. Por isso, você vai ver aqui tudo sobre:

Vamos lá?

Por que criar um blog?

O blog é uma ferramenta para publicação e divulgação de conteúdos. Eles existem há anos na internet e muitos acharam que eles iam desaparecer quando os vídeos e podcasts surgiram. Mas, muito pelo contrário. 

O blog, assim como as redes sociais e todo conteúdo que conecte seu consumidor com a sua empresa, é uma ferramenta para aumentar a fidelização de clientes.

E fidelizar clientes é uma das formas mais inteligentes de aumentar a lucratividade dos negócios. 

Afinal, custa muito menos manter um cliente sempre por perto, do que investir alto em divulgação e trabalho de criação de imagem para conquistar novos consumidores.

E, como isso é possível? O bom resultado do blog se dá pela publicação de conteúdo relevante, pela imagem de autoridade e liderança que consegue transmitir e da relação que constrói com o leitor com o passar do tempo.

Onde criar um blog?

O mercado oferece muitas ferramentas que vão te ajudar na criação de um blog profissional. Vamos listar apenas as principais ferramentas que existem no mercado atualmente:

Wix

A plataforma WIX é uma ferramenta de criação de sites, lojas virtuais e blogs muito popular no Brasil. Ela oferece a possibilidade de criar páginas de forma gratuita, mas com limitações de funções. 

Como criar um blog no WIX

Ela também conta com planos pagos mensais e anuais com funções mais completas.

Você não precisa da ajuda de programadores para criar seu site ou loja virtual no Wix. Mas aqueles que criarem seu blog do zero, podem encontrar algumas dificuldades caso não tenham afinidades com as ferramentas da internet.

Ainda precisa levar em consideração o seu foco, pois, o tempo vale muito dinheiro. O real problema do WIX acaba sendo a questão da exclusividade, uma vez que a plataforma acaba engessada nos mesmos templates e layouts. 

Como muitos layouts são iguais, isso acaba passando a imagem de descuido e falta de criatividade para os clientes.

WordPress

O WordPress é talvez uma das plataformas mais conhecidas em todo o mundo para a criação de blogs. 

como criar um blog no WordPress

Assim como o WIX, o WordPress oferece a versão gratuita, com limitações, e opções pagas, que exige muita paciência para ter a forma que se deseja, pois a tarefa não é nada simples.

Você precisa ter um bom conhecimento da ferramenta e, até certo ponto, uma boa noção de programação, para conseguir criar algo satisfatório. Existe a possibilidade de criar um blog no WordPress sozinho, contratando uma agência ou, até mesmo, um profissional freelancer.

Mas é preciso levar em consideração que muitas agências cobram valores exorbitantes e encontrar um freelancer leva tempo. Assim, você sempre depende de boas indicações. Isso sem contar que sozinho você sempre corre o risco de dar errado. Mas tirando toda essa complexidade, essa pode ser sim uma boa opção.

Blogger

O Blogger é uma plataforma exclusiva para a criação de blog. Entre todas as opções, essa é a única realmente criada para as pessoas usarem unicamente para publicarem conteúdo. 

como criar um blog no Blogger

Essa plataforma permite que você crie um blog iniciante em produção de conteúdo.

Todos os blogs são hospedados no próprio Google sob o domínio de blogspot. Por isso, muitas pessoas acabam confundindo o nome dessa plataforma como “Blogspot”. Mesmo sendo uma plataforma gratuita, o Blogger permite que você:

  • escolha o seu template;
  • inclua o Google Adsense;
  • otimize o seu conteúdo para SEO.

High Speed

A Agência de Marketing Digital High Sales desenvolveu uma ferramenta própria que permite que empresas tenham a oportunidade de administrar um blog em seu site. Essa ferramenta exclusiva chama-se High Speed - programa para criar site e blog.

O grande diferencial de criar um blog com esta ferramenta é que você não precisa investir semanas ou meses para aprender conceitos, design e sobre o próprio programa, pois com um preço acessível o franqueador faz tudo para você. 

E, assim, você terá um gerenciador para as postagens dos artigos.

Além disso, para quem quiser, essa ferramenta conta com funcionalidades extras, como classificados, guia e venda de espaço para anúncios. Isso lhe dará a condição de conquistar autoridade e gerar uma receita recorrente com o seu conteúdo ao mesmo tempo.

Sem contar que ao criar um blog com a ferramenta High Speed, seu blog será totalmente exclusivo e voltado para atender as necessidades do seu projeto. 

Quer saber mais sobre a High Speed? Então, entre em contato com a equipe de especialistas!

O que preciso saber sobre criação de blog antes de criar blog?

Confira alguns pontos fundamentais que você deve conhecer sobre criação de blog antes de criar o blog do seu negócio.

Público ideal

Um dos maiores problemas dos blogueiros (profissionais produtores de conteúdo) é saber quem é seu real público. Muitos ainda consideram aquela definição generalizada de “mulheres, cerca de 40 anos, classe C, que querem abrir um negócio” e só.

Isso está muito errado! Se você quer produzir conteúdo para essas pessoas, vai precisar ir muito além disso. Assim, o primeiro passo antes de criar um blog é realmente entender quem é o seu público, que denominados por exemplo de buyer persona.

Para descobrir quem é a sua persona é necessário saber diferenciar dados demográficos de afinidades. Afinal, saber “por cima” a lista de dados demográficos que compõem o perfil do seu cliente não significa que você sabe quem ele é.

Em outras palavras, saber, de um modo geral, quem é o seu leitor não significa que você sabe para quem está escrevendo. John Steinbeck, autor e ganhador do Nobel disse:

“Esqueça sua audiência generalizada. Em primeiro lugar, o público sem nome e sem rosto o assustará até a morte e, em segundo lugar, ao contrário do teatro, ele não existe. Por escrito, seu público, seu público é um único leitor. Descobri que às vezes ajuda escolher uma pessoa – uma pessoa real que você conhece ou uma pessoa imaginada e escrever para ela.”

Anatomia do post de um blog

Neil Patel, uma das maiores referências do marketing digital da atualidade, cita em um dos seus blogs a importância de se compreender a anatomia dos textos que aparecem nas primeiras posições do Google, o famoso Google Top 10.

Isso porque um texto de blog bem planejado pode se tornar um viral e gerar milhares de visitantes de referência para o seu site. Então, veja, a seguir, a anatomia do post de um blog utilizada pelos melhores blogs no Google:

[IMAGEM ANATOMIA DO POST DE UM BLOG]

Depois de descobrir quais são os pontos fundamentais relacionados à criação de blog, pronto para aprender sobre como criar um blog profissional

Lembrando que esse passo também aborda como criar um blog de vendas, já que o objetivo da maioria dos blogs é gerar mais vendas para os sites.

Como criar um blog profissional e como criar um blog de vendas?

Veja um passo a passo simples e prático sobre como criar um blog profissional e como criar um blog de vendas:

Entenda o que você alcançar com o blog

O primeiro passo para criar um blog é entender o que você quer alcançar com ele. Por exemplo, se uma empresa, seu blog pode ser utilizado para educar o consumidor sobre o seu produto/ serviço. Assim, gerar novas oportunidades de vendas.

Você também pode escrever sobre outros assuntos que também podem ser do interesse do seu público, como notícias relacionadas ao seu mercado de atuação e, até mesmo, assuntos do momento, mas que de alguma forma se relacionam com o seu produto/serviço.

Escolha um nome, compre o domínio e contrate a hospedagem

O próximo passo é escolher o nome do seu blog. Ele deve ser simples e fácil de escrever. Também deve estar relacionado com o seu negócio para que assim o leitor entenda facilmente o conteúdo do blog. 

Algumas empresas optam por colocar seu próprio nome no blog. Aqui nosso blog se chama Blog Performance Digital. 

URL do Site

Depois de escolher o nome, se você quiser ter um blog profissional, é essencial comprar um domínio. Pois só assim você pode garantir que outras pessoas não possam usá-lo. Por fim, contrate uma hospedagem para colocar seu blog no ar.

Entenda mais como comprar um dominio.

Escolha uma plataforma de blog

Como já vimos, existem diversas plataformas onde você pode criar o seu blog, como Wix, WordPress, Blogger e High Speed. Fazer uma boa escolha permitirá que você consiga criar blog sem ter conhecimento de programação e códigos. 

Ou seja, de um jeito mais simples e prático.

Alguns fatores a se considerar ao avaliar suas opções são: preço, suporte, painel de controle e serviços adicionais. 

Então, faça a sua escolha e comece a entender como criar páginas, gerar links, tornar o conteúdo navegável nessa ferramenta e como gerenciar suas páginas, posts e comentários.

Escolha e instale um layout

Depois de escolher sua plataforma para criar blog, faça a instalação do blog e escolha um visual para ele. Para isso, escolha um layout com base nos temas disponíveis na plataforma de blog escolhida para criar blog.

Só fique atento para escolher um tema que esteja alinhado com a identidade do seu negócio. Por exemplo, se você tem uma loja de vinhos e pretende criar um blog sobre, então escolha um layout mais sóbrio e delicado, e um menu mais simples.

Instale plugins e ferramentas de apoio

Com a ajuda de plugins, você pode melhorar a velocidade do seu site, as chances de ranqueamento no Google e acompanhar de perto as métricas que mostram a performance do seu blog. 

Eles são simples e fáceis de instalar. E, a maioria são gratuitos.

Algumas opções de plugin para quem está começando um blog são: Monster Insights, Plugin Yoast SEO, Autoptmize, Google Analytics, Disqus, Floating Social Bar e Ewww Image Optimizer. 

Mas cuidado! O excesso de plugins pode deixar seu blog mais lento. Então, instale só os necessários.

Planeje o conteúdo e faça seu primeiro post

A próxima etapa é planejar o conteúdo do seu blog. Para tanto, defina o segmento ou nicho, depois os temas dos seus posts, a frequência de publicação e a data de divulgação. Feito isso, crie uma programação para cada etapa de criação dos posts e defina os seus responsáveis.

Então, faça o seu primeiro post. Não se esqueça do que um bom post precisa ter: título, introdução, conteúdo separados em subtítulos, imagens ou vídeos, alinhamento do texto, marcadores e links.

Divulgue o seu blog e acompanhe os resultados

A parte mais difícil de um blog criar é fazer um conteúdo de qualidade para a sua persona.  Mas depois que conseguir, seu post estará pronto para ser publicado e compartilhado. Algumas sugestões para gerar tráfego para o seu blog são as redes sociais.

Também os e-mails através de uma estratégia de newsletter e anúncios pagos nas redes sociais ou no Google Ads. Por fim, monitore seus resultados com o Ferramenta Google Analytics e avalie o número de acessos, as URLs mais visitadas e o tempo médio de permanência dos leitores nas páginas.

criar blog

E aí, entendeu como criar um blog profissional ou como criar um blog de vendas? Que tal aprender como ter um blog de sucesso? Vamos lá!

O que é preciso para ter um blog de sucesso?

Veja algumas dicas para ter um blog de sucesso:

Escreva títulos atraentes

Muitos conteúdos de alta qualidade não são lidos porque não chamam a atenção das pessoas. Sabe o motivo? Falta de títulos atraentes. De acordo com dados encontrados na web, 2 em cada 10 pessoas realmente vão clicar em um artigo e o ler completamente.

Isso representa apenas 20%. Para atrair esses leitores, você precisa criar títulos incríveis que geram curiosidade o suficiente para as pessoas clicarem e lerem seu conteúdo.

Aprender copywriting é uma das melhores maneiras de melhorar a criação de títulos realmente atraentes. Como?

  • escreva vários títulos e descarte as primeiras ideias que surgirem;
  • use uma linguagem impactante e forte;
  • apresente valor;
  • torne visual;
  • foque no “quem” e não no “porquê”;
  • coloque a palavra-chave no início no título;
  • considere usar perguntas.

Lembre-se que existem pessoas que julgam um livro pela capa, do mesmo jeito que existem pessoas que julgam publicações pelos títulos. Então, seja criativo e conquiste seu público do jeito certo.

Adicione subtítulos e parágrafos curtos

A formatação do seu conteúdo é muito importante por conta da escaneabilidade e leitura dinâmica do usuário. 

A escaneabilidade, para quem não tem intimidade com o termo, é uma técnica de otimização de conteúdo focada na experiência do usuário para deixar a leitura mais fluida.

Em outras palavras, você adequa o seu conteúdo para que só com uma “passada de olhos” o usuário consiga ler sem dificuldades as principais partes do texto. Isso porque a maioria das pessoas “dão uma passada rápida” pelo conteúdo antes de decidir lê-lo por completo.

Como fazer?

Recomendamos que você divida o conteúdo por subtítulos. Uma das formas de formatar o conteúdo é adicionando subtítulos e parágrafos curtos. Tudo o que for possível formatar para facilitar a leitura dinâmica e rápida, faça.

Outra grande dica é usar parágrafos mais curtos. Embora existam casos em que seus parágrafos vão sair mais longos, isso é inevitável. Isso é feito para ajudar a leitura dos leitores na absorção do conteúdo.

Use marcadores ao longo do texto

Os marcadores, também chamados de bullet points, também são recursos de escalabilidade. Além de serem perfeitos para os usuários que adoram listas. 

Também são ideais para destacar informações importantes, já que fica mais fácil os leitores identificarem esses dados nas postagens.

Sendo assim, use esse recurso para listar recursos, etapas ou dicas. Veja algumas dicas ao usar marcadores ao longo do texto:

1. Enfatize o início do marcador

Como nesta lista, quando as primeiras palavras capturam a ideia principal. Dessa forma, os leitores podem navegar facilmente. Use negrito, itálico ou sublinhado para dar ênfase.

2. Faça marcadores padrões 

Por exemplo, faça todos os marcadores em frases ou fragmentos ou perguntas. No entanto, se você tiver dois tipos de marcadores em uma lista, não precisa seguir um padrão.

3. Siga um padrão de pontuação

Ou seja, se um marcador você terminar com um ponto final, termine todos os marcadores com ponto final, seguindo estas regras:

a. Se todos os marcadores forem frases, termine cada um com um ponto final.

b. Se todas as marcas são frases ou fragmentos, não use a pontuação final.

4. Quando tiver muitos marcadores, numere eles

Dessa forma seus leitores conseguem rastrear facilmente cada um deles.

5. Evite usar palavras ou frases de transição

Evite termos como “em segundo lugar” ou “outro ponto” ou qualquer outro termo de ligação desnecessário que possa diminuir o ritmo de leitura das pessoas.

Adicione imagens de forma estratégica

O cérebro processa imagens muito mais rápido do que conteúdos textuais. Por esse motivo você deve usar imagens cativantes para complementar os conteúdos em seu blog. Lembre-se que uma imagem pode valer mais do que mil palavras.

Conteúdos em blogs tornam-se mais atraentes quando se usa imagens para complementar o conteúdo. 

Nos blogs use sempre o cálculo 1 + 1 = 3. Ou seja, o texto mais a imagem gera um terceiro elemento, como se mostrasse algo que o leitor não tinha imaginado antes.

Existe também outro grande motivo para você incluir imagens em suas publicações no blog: imagens do Google. Quando você tem imagens otimizadas e de boa qualidade, elas podem ser classificadas primeiro quando as pessoas pesquisam por elas no Google.

Otimize seu blog para SEO

Muitas empresas não aproveitam o blog como uma estratégia de marketing digital para gerar novos negócios. Segundo dados do Blogger, aproximadamente 60% das empresas possuem blogs, mas aproximadamente 65% deles não atualizam o seu conteúdo desde o ano passado.

Dessa forma, perdem posição nos mecanismos de buscas. Assim, com conteúdos novos e relevantes, você pode se beneficiar das postagens. Para otimizar seus conteúdos (SEO), siga as seguintes dicas:

1. Pesquise palavras-chave 

As palavras-chave são essenciais para a otimização do conteúdo do blog. A partir delas você pode construir todo o seu conteúdo e construir um conteúdo relevante para seus clientes. Confira nosso conteúdo sobre planejador de palavras-chave.

2. Use palavras-chave em lugares estratégicos 

Depois de definir sua palavra-chave, é importante usá-la em lugares estratégicos e impactantes para os leitores e para os mecanismos de pesquisa para indexar o conteúdo. Por isso inclua a(s) palavra(s)-chave nos seguintes lugares:

  • Título
  • Títulos e subtítulos
  • Frase introdutória
  • Parágrafo final
  • Texto âncora
  • Meta description, url
  • Imagens

Dica: não use descontroladamente a palavra-chave em seu conteúdo. Isso, além de irritar os leitores, pode “pegar mal” para o robô do Google e você pode ser penalizado. Então, use moderadamente e de maneira estratégica.

3. Otimize suas imagens 

Sempre que você publicar uma imagem em seu conteúdo, inclua a palavra-chave no nome do arquivo e preencha o campo de texto alternativo com uma pequena descrição. 

Além de ajudar com a indexação nas buscas, você demonstra preocupação com a acessibilidade para cegos e pessoas com limitações visuais.

4. Crie links internos 

Os links internos incentivam os leitores a permanecerem mais tempo dentro do seu blog, consumindo outros materiais que você já publicou. Por isso, crie links internos, conectando termos chaves no seu texto com outros artigos do blog.

Adicione CTAs no final do conteúdo

Sabe aquela ideia de deixar o melhor para o final? Pois bem… é aqui que você entrega a melhor parte do conteúdo e aproveita para adicionar CTAs, que devem ser uma chamada clara, criativa e muito atraente. Existem várias opções de CTAs:

  • pedir para os seus leitores deixarem um comentário;
  • compartilharem sua postagem em suas redes sociais;
  • seguir nas redes sociais;
  • comprarem um produto;
  • ou qualquer outra ação.

Tenha certeza de que eles façam aquilo que você está pedindo. Então, faça com uma CTA no final do seu conteúdo sempre.

Pense no tamanho dos conteúdos

Se você já chegou até aqui, uma pergunta que deve estar martelando em sua mente é “qual é o tamanho ideal de um texto”, certo? Essa é uma das perguntas mais feitas nos conteúdos “como criar um blog profissional” encontrados na web.

Pensando em SEO, o tamanho ideal de uma postagem de blog deve ser entre 2.100 a 2.400, isso de acordo com o Empresa Digital HubSpot, um dos blogs de Marketing Digital mais reconhecidos no exterior.

A equipe do HubSpot chegou a essa conclusão seguindo a seguinte lógica: as 50 postagens mais lidas do blog em 2019 geraram uma contagem média de 2.330 palavras. 

O comprimento dessas publicações tinha entre 333 a 5.581 palavras, com uma média de 2.164 palavras.

Mas antes de sair criando vários conteúdos de 2.400, saiba que nem todas as publicações precisam ser longas. Muitos conteúdos bons podem ter menos de 1.500 palavras. 

Tudo vai depender do conteúdo e relevância do material que você vai apresentar para os seus leitores. A única certeza que temos é: seus conteúdos devem ter no mínimo 300 palavras.

Otimize a navegabilidade do blog

A navegabilidade é um tópico muito importante dentro de um site e não poderia ficar de fora das publicações de um blog. Afinal, é preciso se preocupar também com a maneira com que os leitores vão consumir as informações das publicações.

Lembre-se sempre que os leitores:

  • Não podem se perder durante a leitura;
  • Precisam ter uma leitura dinâmica;
  • Precisam encontrar o conteúdo com facilidade;
  • Precisam encontrar mais conteúdos que seguem a linha.

Você se lembra de tudo o que vimos até agora? Vamos recapitular! No início deste artigo entendemos a importância da criação de blog para qualquer negócio. Também vimos algumas sugestões de onde criar um blog, como o High Speed.

Além de um passo simples e prático de como criar um blog profissional e como criar um blog de vendas e dicas para ter blog de sucesso. Para finalizar, vamos conferir, a seguir, as principais dúvidas sobre criação de sites. Vamos lá?

Tire suas principais dúvidas sobre criação de blog [EXTRA]

Ainda ficou com alguma dúvida sobre criação de blog? Então, que tal conferir as principais dúvidas sobre o assunto:

Criar um blog ou gerar conteúdo, o que é mais caro?

Depende. Se você optar por uma boa plataforma para atingir seu objetivo de um blog criar resolver contratar uma agência de marketing digital ou profissional para o seu desenvolvimento, a criação dele pode ficar mais cara que a produção de conteúdo. 

Principalmente, se resolver desenvolver os conteúdos por conta própria.

A construção do blog em si pode sair super em conta e o conteúdo ser mais caro se você optar por contratar um funcionário exclusivo para gerar o conteúdo. Todas as estratégias são boas, tudo vai depender da verba disponível e de quem você vai contratar para tocar o projeto.

Tenha em mente que o mais importante de um blog é o conteúdo e ele precisa ser de alta qualidade e relevante para garantir os melhores resultados a longo prazo.

Qual é a frequência de publicação no blog?

É muito comum os nossos clientes perguntarem quantas postagens no blog eles devem publicar durante a semana. Assim como a quantidade de palavras, não existe uma fórmula secreta ou uma pílula mágica.

Para criar conteúdos para o seu blog, atente-se sempre aos seus clientes, sua persona. A primeira coisa que você deve fazer é focar em qualidade. Nunca publique nada que você não queira que não leve o nome do seu negócio ou o seu nome.

Se a qualidade não corresponder com os seus altos padrões, não publique. Concentre-se em criar conteúdos da mais alta qualidade possível, nem que isso signifique que não tenha conteúdos diários.

Comece publicando de uma a três publicações por semana em seu blog, no mínimo. Desde que todos os conteúdos sigam os mesmos padrões de qualidade. Lembre-se que boa qualidade não é sinônimo de conteúdos longos. Um bom texto pode ser curto ou muito longo. Basta ser valioso.

Meu programa para criar um blog aceita integração com meu site?

Se você já tem um site, ou uma loja virtual, e quer integrar um blog a ele, tudo o que precisa fazer é verificar com a sua plataforma, ou empresa que desenvolveu, se existe essa possibilidade.

E não esqueça de solicitar um gerenciador de conteúdo para a publicação e administração dos conteúdos. Caso o seu negócio ainda não tenha uma loja virtual ou site institucional, saiba que você está perdendo clientes e dinheiro.

Criar um blog dentro ou fora do site?

Muitas empresas optam por ter um blog em uma página separada do site, e isso vai depender de sua estratégia. Se você deseja gerar tráfego para o seu site, ou se você quer ter um canal exclusivo para a comunicação com seus clientes.

Caso seu objetivo seja gerar mais tráfego para seu site, ou loja virtual, e aumentar suas vendas, o ideal é incluir o blog ao seu domínio com o tradicional www.sitedasuaempresa.com.br/blog. Sempre indicamos essa alternativa aos nossos clientes.

Algo como www.site.com.br/blog ou www.site.com/blog, caso seja possível comprar as duas extensões. Não se esqueça de colocar os links para a loja virtual (caso tenha uma) e páginas institucionais também no blog. 

Essa estratégia aumenta as chances das pessoas visitarem seu site e conhecerem seu blog.

Quais resultados esperar com a criação de um site?

São muitos os resultados que a criação de um blog pode gerar para um negócio, principalmente quando ele é feito do jeito certo. Os principais são:

  • Novos clientes e aumento de tráfego;
  • Visibilidade da marca;
  • Compartilhamento de conteúdo;
  • Branding de Marca;
  • SEO;
  • Aumento da fidelidade dos clientes.

Mas é preciso muita atenção! Alcançar grandes performances com um blog leva tempo e não acontecem de um dia para outro. Trata-se de um trabalho de médio a longo prazo que exige cuidado.

Especialistas julgam que seja necessário pelo menos de 3 a 6 meses para que a estratégia comece a mostrar mudanças. Se alguém der 100% de garantia de sucesso no ranqueamento da primeira página do Google, apenas fuja! Isso não é algo possível de se garantir.

Pois o Google avalia mais de 200 variáveis para te colocar em destaque ou não, e ninguém sabe de fato quais são, apenas supõem quais são. Por isso, conquistar uma boa posição no Google não é algo tão fácil e rápido de se conseguir.

É possível gerar notícias com o meu blog?

Sim, é possível gerar notícias com seu blog e ainda saber quando o seu blog é mencionado na web. Algumas ferramentas que vão te ajudar a rastrear essas notícias são:

Google Alerts

O Google tem um bom serviço para isso, o Ferramenta Google Alerts, que é uma ferramenta gratuita, simples e fácil de usar e pode ser configurada para enviar relatórios em seu e-mail. Você pode incluir quantos assuntos quiser e escolher se deseja receber os alertas diariamente, semanalmente ou até uma vez por mês.

SEMRush

Apesar de paga, é uma excelente opção, pois sempre é atualizada, e com recursos dinâmicos. Sem contar que essa ferramenta é de fácil uso e possui suporte por e-mail. Ferramenta de SEO SEMRush é sem dúvida uma das ferramentas queridinhas dos profissionais de marketing digital.

SocialMention

Também pode ser usada gratuitamente, e essa ferramenta é focada para blogs, redes sociais e vídeos. É só procurar na Empresa Digital SocialMention por uma palavra-chave, termo ou empresa, e ela te mostrará o que está sendo dito sobre aquele assunto.

É preciso paciência para analisar as notícias e conteúdos publicados com as novidades no seu site. Há ainda a possibilidade de você criar notícias e contar as novidades que estão acontecendo em sua empresa de um jeito interessante, diferente do jeito "tradicional".

A psicologia das cores funciona no blog também?

Os significado das cores podem influenciar sensações, desejos e impulsos. Você pode aproveitar este tipo de influência em seu blog. Mas tenha sempre bom senso. Evite cores muito fortes e chamativas no fundo, porque isso dificulta a leitura. Abra mão de títulos coloridos, muitos enfeites e gifs que piscam.

Aposte sempre em um visual mais limpo, dinâmico, que facilite a navegabilidade e proporcione uma boa leitura durante um longo tempo. Tome cuidado com as cores das fontes. Se optar pelo velho e bom fundo branco, aposte em fonte preta, azul escuro ou tonalidades que consigam um bom contraste.

Assim, você garante que qualquer pessoa tenha facilidade de ler o seu conteúdo. O ideal é manter a mesma identidade visual em seu blog que no restante das outras páginas para que o leitor não fique confuso.

Um blog substitui um site institucional?

Não. Cada um tem a sua função e um não substitui o outro. São elementos diferentes e devem trabalhar juntos. Um blog é uma ferramenta voltada para a criação de conteúdo e por isso tem um propósito totalmente diferente de um site.

O blog é muito importante para aumentar o tráfego, melhorar a visibilidade de uma empresa e, quando feito do jeito certo, melhorar o posicionamento no ranqueamento nos buscadores. 

Ou seja, o blog é "um ajudante" para melhorar as vendas e o número de visitas em um site, mas ele não funciona sozinho.

Podemos encontrar facilmente exemplos de pessoas que têm um blog, mas não um site. Mas essa é uma estratégia válida apenas para pessoas físicas ou consultores. Jamais para negócios ou empreendimentos comerciais que esperam desenvolver seu negócio.

Então ter um site é importante?

Muito! Empresas e negócios sem um site profissional não existem no mundo online. Aliás, podem perder vendas nas lojas físicas e perder novos clientes e negociações por causa disso.

Dados recentes afirmam que mais de 100 milhões de brasileiros já estão conectados e esse número está crescendo e ainda vai aumentar monstruosamente nos próximos anos. Por isso, a criação de sites é algo muito importante para todos os negócios. Aprenda de forma prática como criar um site

Um blog aparece no Google?

A resposta é sim. E existem duas maneiras para fazer com que um blog apareça no Google: resultado orgânico dos buscadores (tráfego orgânico) ou dos links patrocinados (tráfego pago).

Tráfego orgânico para o seu Blog

O resultado orgânico é aquele que aparece naturalmente, ou seja, todas as vezes que procuramos por algo em um buscador, como no Google, no Bing ou Yahoo, por exemplo.

Pesquisas recentes indicam que a grande maioria dos usuários se atenta somente para os primeiros resultados apresentados, poucos passam para as próximas páginas. Por isso, aparecer na primeira página é essencial para o sucesso do Blog.

Uma boa forma de melhorar a visibilidade e as chances de ser encontrado na internet, é abusar das técnicas de SEO em seu blog. Tudo com o intuito de melhorar o ranqueamento orgânico nos buscadores.

Isso porque o blog é conteúdo puro, cheio de títulos com palavras-chave e termos que serão utilizados pelos usuários para realizar buscas. Se seu site tiver um blog recheado com os termos certos, com certeza irá ser melhor posicionado nos buscadores, aparecendo sempre nas primeiras posições.

Com isso, o blog, site ou loja virtual serão encontrados mais facilmente pelo seu público-alvo e terá maior tráfego e chances de aumentar as vendas. Afinal, tudo na internet é baseado em palavras-chave e ranqueamento.

Links Patrocinados com Google Ads

O Google Ads é uma ferramenta poderosa de links patrocinados criada e disponibilizada pelo Google. Ele apresenta seus anúncios toda vez que alguém fizer uma busca sobre o assunto referente. Trata-se daqueles links que aparecem antes do resultado orgânico.

Além de agilizar um bom posicionamento da busca orgânica, que costuma ser um trabalho lento e a médio ou longo prazo. Também traz resultados extraordinários nas vendas. Isso sem falar na rapidez e no baixo custo.

Investir em anúncios no Google Ads é muito mais barato que qualquer outro meio de divulgação tradicional disponível nos dias de hoje, e o resultado pode ser visto em apenas algumas horas.

Você ainda pode acompanhar todo o andamento das campanhas em tempo real, corrigido, alterando e incluindo novos termos e palavras-chave a cada um dos anúncios. Isso faz com que anunciar no Google Ads seja uma excelente estratégia.

Por que utilizar meu blog no Facebook?

Ao invés de publicar informações diretamente no Facebook, o ideal é apostar em compartilhar os títulos e assuntos que foram postados no blog. Assim, possíveis consumidores que usam a rede social podem acessar seu blog para saber mais sobre o assunto e podem ser direcionados direto para o conteúdo.

E quem sabe, podem acessar mais conteúdos relevantes enquanto navegam durante o conteúdo. Isso sem falar que você pode conquistar um público cada vez maior.

Pois se o conteúdo que estiver no seu blog for realmente interessante, ele poderá ser compartilhado por um grande número de pessoas, alcançando um público que estava fora de seus planos.

Afinal, toda vez que alguém compartilha, curte ou comenta em alguma postagem publicada no Facebook, o conteúdo é replicado para todos os seus amigos. 

Assim, vai conquistar ainda mais visitas para seu blog, que, por sua vez, estará dentro de seu site e bem próximo aos produtos vendidos em sua loja virtual.

Não é à toa que as maiores marcas, empresas e lojas do mundo apostam no Facebook como uma das ferramentas mais interessantes para impulsionar vendas e estreitar relacionamentos com clientes.

Como compartilhar meu blog no Facebook?

É preciso compartilhar corretamente para conseguir um bom resultado. Antes de mais nada, certifique-se que o conteúdo é realmente interessante para seu público. Depois escolha ou produza uma boa imagem referente ao assunto.

O Facebook é uma rede social que prioriza as imagens por chamarem mais a atenção das pessoas do que os textos. Por último destaque um bom título e quem sabe um pequeno trecho do conteúdo do texto.

Isso vai incentivar seus visitantes a acessarem o conteúdo disponibilizado no blog. E, jamais coloque o texto inteiro! Publique apenas o link para que as pessoas cliquem e sejam levadas para o conteúdo. Evite também postar em horários com pouco movimento.

Comece seu blog hoje!

Agora que você já aprendeu o quanto ter um blog integrado ao seu site e loja virtual pode ser benéfico para a lucratividade de seu negócio, chegou a hora de colocar todo este conhecimento em prática. Esperamos que este artigo possa te ajudar nessa missão.

Gostou do nosso artigo sobre como criar um blog? Aproveite para conhecer, agora, o High Speed, uma solução completa para criação de conteúdo de blog! Entre em contato com a nossa equipe que ficaremos felizes em te apresentar

Quer saber mais informações sobre o mundo do marketing? Então, siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de  todas as nossas atualizações. Estamos no Perfil do Instagram e no Canal do YouTube.

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?