curso de vendas
Quanto custa criar um site profissional

Quanto custa criar um site profissional? Entenda qual o valor para criar um site

Blog   ·  Criado em 13/02/2020   ·   Atualizado em 21/01/2021   · ​ 31 minutos

Quanto custa criar um site profissional

Como fazer um website é uma etapa valiosa para garantir o sucesso da sua empresa. Mas, afinal, quanto custa para criar um site profissional? Para descobrir tudo sobre o assunto e não gastar mais do que o necessário, continue a leitura!

Ter presença online deixou de ser apenas um diferencial competitivo e tornou-se uma verdadeira necessidade, já que é essencial ter um site profissional independentemente do seu ramo de atuação.

O tamanho da empresa também não é um empecilho para investir em tecnologia. O cliente está de olho nas companhias que marcam presença online. Afinal, o mundo está cada vez mais conectado, seja por computadores domésticos ou por dispositivos móveis.

Esse novo cenário demanda posturas inovadoras por parte das empresas, principalmente para alinhar sua atuação às tendências do mercado. Nesse contexto, a criação de site profissional é, de longe, uma das medidas mais estratégicas para negócios que desejam manter-se atrativos ao público e com uma proposta inovadora.

Contudo, muitas dúvidas costumam surgir quando o assunto é a criação de um site próprio. Questões relacionadas a valores, metodologias e outros pontos técnicos podem causar dores de cabeça e gerar incertezas nos gestores.

site profissional

 

Por isso, pensando em ajudá-lo, exploraremos mais o assunto e vamos apresentar algumas informações valiosas para quem está pensando em colocar a sua empresa no mundo virtual. Continue a leitura e confira quanto custa criar um site profissional!

 

O que é necessário para fazer site?

Fazer site de qualidade

Agora podemos discorrer como fazer um website de sucesso. Para criar um site profissional você vai precisar, primeiramente, determinar algumas questões.

O primeiro passo é definir quais serão suas prioridades para o site e qual será o principal objetivo dele. Afinal, você pode precisar de um site mais simples ou de um ecommerce para realizar vendas na internet. Essa escolha vai mudar o valor final do seu projeto. 

O próximo passo é definir se você vai contratar um desenvolvedor ou vai criar o site sozinho. É claro que o valor também será diferente para cada dessas escolhas. Mas é importante lembrar que o site será o cartão de visitas da sua empresa, portanto, capriche!

Sendo assim, é fácil perceber que o valor para criar um site vai depender de muitos fatores pessoais. Portanto, é difícil determinar quanto custa criar um site exatamente.

Mas, além dessas escolhas individuais, como tipo de site e design, existem elementos que estão presentes em todos os sites, por exemplo, domínio e hospedagem. 

Para te ajudar a melhor entender, separamos aqui todos os custos envolvidos na criação de um site, assim como, tudo que você deve analisar para fazer as melhores escolhas. Vamos lá?!

Criação de sites preços, custos e elementos envolvidos?

Em razão da popularização da internet, criar um site atualmente não é nenhum desafio sobre-humano. Há uma infinidade de ferramentas e profissionais capazes de auxiliar sua pequena ou grande empresa nesse processo.

No entanto, vale mencionar alguns pontos de atenção na hora da criação de sites profissionais, pois existem elementos indispensáveis e que só estarão presentes quando a etapa de criação for feita de forma profissional. Dá para ter uma ideia que criação de sites profissionais preço, prazo, qualidade e outros fatores são fundamentais? Acompanhe.

Por isso, a resposta para a pergunta “quanto custa um site profissional?” vai depender dos seguintes fatores:

O tipo de site

Ao colocar uma página no ar, vários aspectos precisam ser pensados para atrair os internautas e torná-los clientes da sua loja. Para começar, o gestor precisa optar por um tipo de site. Os custos para colocar a webpage no ar poderão variar de acordo com o modelo escolhido, e só depois uma empresa construirá sua página na internet.

Por exemplo, um site institucional custa mais barato. Enquanto que o blog tem custo mais significativo e o e-commerce é dos tipos mais caros. A escolha dependerá das necessidades da sua companhia. Conheça mais sobre os tipos de sites:

Site institucional

quanto custa uma hospedagem de site institucional?

É possível optar por uma página institucional, a mais comum entre as empresas que se embrenham no mundo digital. O site comporta, basicamente, informações sobre a empresa e sobre seus produtos, além de canais de contato.

A opção serve para corporações que querem marcar presença na rede, mas não têm muito conteúdo para compartilhar. 

Site com blog

Para as marcas que querem publicar atualizações e levar informação aos consumidores, a melhor opção é associar um blog ao site.

OnePage

Outra boa aposta é o site one-page. Nele, todas as informações são carregadas na mesma página. Quando o usuário clica em um menu, isso faz rolar o site, em vez de abrir uma nova página.

Hotsite

O hotsite é uma ótima opção quando a empresa quer destacar uma novidade, como o próprio nome em inglês indica. O modelo serve para divulgar uma ação pontual: pesquisa de público, lançamentos de produtos, divulgações de eventos, cadastros de clientes em programas de fidelidade ou promoção dos estoques.

Construtor de site

criação de sites profissionais preço

Como você já deve saber, um site é construído por meio de linhas de código. Contudo, criar um site do zero usando somente programação demanda muito tempo e estudo. Como alternativa, surgiram as ferramentas de construção de site.

Essas ferramentas permitem que, até mesmo leigos no assunto, consigam criar sites sozinhos. Mas, é claro que os profissionais da área de tecnologia e design têm um melhor desempenho. 

O construtor de site permite que o site seja construído com recursos de “arrastar e soltar” e, geralmente, o usuário paga por mês. Dentre as ferramentas mais famosas podemos citar o Wordpress e o Weebly, mas a cobrança desses dois construtores é feita em dólar.

Além disso, na hora de escolher um construtor de site é preciso levar em conta o desempenho que ele oferece. Por exemplo, o construtor Wix não costuma ser usado em sites profissionais por ter limitações relacionadas ao posicionamento do site no Google.

Em destaque, é preciso falar do construtor de sites da High Sales. Milhares de reais foram investidos para o desenvolvimento de uma ferramenta intuitiva, completa, de alta performance e com um excelente custo-benefício.

Se você quer saber mais sobre como essa ferramenta funciona entre em contato.

Design inteligente

A criação profissional de um site envolve, além da parte técnica, a parte visual — ou seja, o design da página. Esse é um fator altamente relevante, pois está intimamente ligado à imagem que a empresa pretende passar para o seu público.

Sites profissionais trabalham com um equilíbrio entre design atraente e usabilidade, o que significa que a experiência de quem navega será complementada pelo layout da página. 

Nesse quesito, a utilização das cores, botões, imagens e textos é totalmente alinhada à proposta da empresa, de modo a compor um ambiente virtual agradável, de fácil navegação e que transmita todo o profissionalismo do negócio.

Sendo assim, entende-se que contratar uma boa empresa ou profissional para o desenvolvimento do melhor design aumenta o valor para criar um site, mas, com certeza, vale a pena o investimento!

Hospedagem de site preço e eficiência

Uma das principais preocupações que envolvem a pergunta “quanto custa para fazer um site?” é quanto custa hospedar um site. A boa notícia é que nem sempre o melhor serviço é o mais caro, mas hospedagem de site preço e qualidade caminham juntos.

Resumidamente, a hospedagem funciona como uma “casa” para o seu site. Ela armazena todo o conteúdo e arquivos que compõem o website. Não é à toa que a hospedagem está entre os elementos essenciais para uma boa experiência do usuário. 

E ela é quem garante a disponibilidade do site em tempo integral e, sobretudo, a qualidade do acesso. Assim, hospedar seu site em servidores inadequados pode comprometer significativamente a navegabilidade da página.

Um servidor de má qualidade ainda está sujeito à instabilidade, podendo deixar seu site fora do ar — o que prejudica as vendas e a interação com o consumidor, por isso nem sempre a quanto custa hospedar um site deve ser a pergunta principal, e sim qual a qualidade da hospedagem.

Dessa maneira, de nada adianta ter um site bonito, mas que demora carregar, apresenta erros e cai constantemente. Por isso, o custo do servidor pode variar bastante, de acordo com a qualidade e velocidade que ele irá entregar para o seu site.

Por fim, é preciso lembrar que existem muitos tipos de hospedagens. Elas podem ser compartilhadas, hospedagem VPS, hospedagem de blog, hospedagem dedicada e muitas outras. Além disso, normalmente, quando se contrata uma ferramenta construtora de site, a hospedagem é inclusa no pacote.

Deu para entender que hospedagem de site preço e qualidade devem caminhar juntos? Para você ter uma boa hospedagem coloque em seu orçamento pelo menos R$ 60,00 por mês.

Domínio

O que é dominio de site?

O nome do seu domínio é o seu endereço na web, por exemplo: www.seusite.com.br.  Ele deve ser relacionado com o nome da sua empresa e você precisa, primeiro, consultar se o nome que você deseja está disponível.

É o nome do domínio que os clientes vão digitar no navegador e acessar para entrar no site a fim de colher informações sobre a sua empresa ou até mesmo para comprar um produto ou serviço.

Portanto, o valor do domínio deve estar incluso na conta de “quanto custa para criar um site?''. O preço é a partir de R$40,00 por ano. Mas, é importante lembrar que alguns domínios são mais caros do que outros. 

Para descobrir se o domínio que você deseja está disponível e para adquiri-lo você pode acessar o site Registro.br. Depois de registrar um nome de domínio, você pode usar esse domínio por um ano. Você deve renovar o seu domínio todos os anos, caso queira o manter. 

Aprenda tudo sobre o que é dominio de site, e comprar dominio de site.

Recursos adicionais

Muitas vezes é preciso adicionar alguns recursos que podem aumentar o valor para criar um site. Por exemplo, plugin de SEO, plugin de compartilhamento nas redes sociais, formulários de contato, recurso de galeria de imagem, entre outros. 

Quanto custa manter um site

Além de colocar o site no ar é preciso mantê-lo em funcionamento, e você precisa orçar quanto custa manter um site, para ser feita a manutenção de tempos em tempos. Portanto, o valor da manutenção também deve entrar no seu planejamento financeiro para evitar gastos surpresas. 

Isso é preciso porque tanto o site quanto os plugins requerem atualizações. A manutenção pode ser realizada por você, pelo freelancer contratado ou pela agência que criou o site.

Além disso existem pequenas alterações como ajuste de endereço, alguma imagem, telefone e você precisará de alguém para lhe dar esse suporte. Mas quanto custa manter um site? Na hospedagem acima de R$ 60,00 por mês é possível encontrar empresas que já incluem esse suporte, ok?

Desenvolvimento do site

Depois de todos esses custos que envolvem a construção de um site, chegou a hora de realmente desenvolvê-lo. Nesse aspecto, você pode optar por criar um site sozinho, por meio de um construtor de site, ou pode contratar uma agência de marketing digital especializada

É importante lembrar que criar um site sozinho pode demandar muito tempo e estudo e, muitas vezes, o resultado não sai como o esperado. Mas, quanto custa um site simples? Nesse caso, você pagaria apenas pela aquisição do construtor de site, hospedagem, domínio e recursos adicionais. Aprenda como criar um site.

Mas, muitas vezes é preciso investir em cursos para criação de diferentes tipos de sites e design. No final, acaba compensando mais contratar uma agência, uma vez que ela ainda agrega muitos outros benefícios ao site, como técnicas de marketing.

Portanto, se você visa aprender como fazer um website para o seu negócio, pode tirar todas as dúvidas que você tem conosco, já são quase 20 anos no mercado ensinando como fazer um website, criando sites personalizados e de alta performance. Tire todas as dúvidas pelo WhatsApp com um especialista em fazer site

Mas, afinal, quanto custa criar um site profissional?

Quanto custa um site?

Essa é uma das dúvidas mais recorrentes quando o assunto é criação de sites. Por isso, agora que já entendemos quais são os custos que envolvem a criação de um site, vamos desvendar alguns mitos e solucionar as principais dúvidas sobre quanto custa montar site. Veja!

Os custos são variáveis

Primeiramente, para responder quanto custa criar um site profissional é preciso ter em mente que os custos de criação de um site podem variar bastante. Na realidade, tudo dependerá da necessidade da empresa quanto às funcionalidades disponibilizadas.

Se a sua empresa necessita de uma página apenas para divulgar a marca, ser encontrada pelo consumidor ou mantê-lo informado sobre as novidades do seu blog, por exemplo, o custo de criação pode sair bem mais em conta, variando de R$ 1.000 a R$ 4.000.

Por outro lado, se sua empresa precisa de uma página mais completa, capaz de gerenciar acessos, cadastrar clientes, integrar com as redes sociais, contar com diferentes abas e ferramentas, o custo pode oscilar entre R$ 4.000 e R$ 8.000. 

E quanto custa um site de vendas? Se existe a necessidade de servir como extensão para uma loja física, aí a história muda bastante. Sites com essas funcionalidades (e-commerces) podem tornar-se mais onerosos, já que demandam uma programação mais robusta, integrando plataformas de processamento de cartões e de estoques, por exemplo — e lidam com uma quantidade muito maior de informações. Em média, esse tipo de site varia de R$ 8.000 a R$ 10.000.

Aprenda como criar loja virtual.

O site amador versus o site profissional

Você pode estar se perguntando: quanto custa fazer um site de empresa? O valor para criar um site profissional pode ser bem significativo, levando gestores a pensar na possibilidade de criar sua própria página na web. No entanto, será que vale a pena colocar no ar um site amador?

Criar uma webpage ficou, de fato, mais fácil após a popularização da internet residencial. Há plataformas desenvolvidas especialmente para a montagem de sites: podemos citar o Blogspot, o Wix e o próprio Wordpress, todos populares no Brasil.

Nesse tipo de plataforma, o desenvolvedor conta com templates pré-formatados e ferramentas de edição limitadas para modificar o layout do site. A vantagem é que mesmo quem tem pouca ou nenhuma experiência no desenvolvimento de sites consegue, sem esforço, fazer a criação.

No entanto, apesar da facilidade em construir a página, as opções de personalização são poucas. As fontes, os layouts, as configurações de usabilidade e a disposição das imagens são detalhes sujeitos à disponibilidade da plataforma.

Quando a empresa aposta na criação de site do zero, é possível imprimir a identidade visual da sua empresa em toda a webpage. Além disso, é possível otimizar a experiência do usuário configurando a usabilidade do site.

Dois pontos são essenciais para influenciar a satisfação do internauta ao navegar pela página da sua empresa: a aparência e a navegação. A primeira envolve o layout, o conteúdo, as imagens, as fotografias, os textos e toda a atração visual do site.

Quando falamos em navegação, nos referimos à velocidade de resposta, ao modelo dos menus e à disposição das informações. Se o site não é prático e o internauta demora a encontrar informações ou abrir novas páginas, é provável que ele fique desestimulado e abandone a navegação, reduzindo suas chances de convertê-lo em um cliente da loja.

Quanto custa criar um site: contratar um profissional ou criar sozinho?

Você pode criar um site sozinho ou contar com ajuda profissional: seja de um freelancer ou de agência de criação de sites. É claro que o valor para criar um site vai mudar de acordo com a opção escolhida.

O que é melhor: fazer sozinho ou com um profissional?

Como dissemos, criar um site atualmente é uma tarefa simples, dada a quantidade de ferramentas — inclusive online — que podem auxiliar no projeto. Com um certo grau de liberdade, as plataformas de montagem como Wix e WordPress possibilitam a criação de uma página do zero, montando templates, layouts, botões e outros recursos.

Contudo, vale mencionar que atingir um bom resultado com a criação do seu site pode ser muito mais fácil com a contratação de um serviço especializado, assim uma empresa construirá sua página na internet, de antemão você poderá saber criação de site preços e estratégias, e em relação a f.

Assim, o processo de criação será totalmente personalizado e profissional, além de empregar as melhores metodologias, ferramentas e códigos para tornar o seu site único, em termos de qualidade, apresentação e SEO.

Reflexão: às vezes você fica se perguntando criar site quanto custa? Mas precisamos pensar além da criação de sites profissionais preço não é tudo, mas quanto custa deixar de fazer site profissional

Afinal, criar um site não depende só de habilidades de personalização e de um bom design.

Para ter sucesso na web, é preciso colocar a página em evidência. Com a infinidade de resultados disponibilizada por buscadores como o Google, seu site precisa estar entre os primeiros resultados para conquistar a atenção do internauta.

O destaque depende de boas estratégias de SEO, que servirão para linkar sua webpage com a busca dos usuários. O bom uso de palavras-chave e a escalabilidade são algumas das habilidades que o profissional da criação de site deve possuir.

Qual a importância de fazer site?

Em razão do fenômeno da virtualização dos serviços, cada vez mais empresas buscam garantir a sua presença online com a criação de um site. Porém, engana-se quem acredita que essa é a única vantagem que uma página exclusiva pode oferecer.

Na realidade, existem muitos outros pontos e benefícios importantes trazidos pela criação de site. Acompanhe:

Divulgação e marketing

Uma página voltada para o seu público, com a sua marca e a sua identidade são, sem dúvida, reforços valiosos para o fortalecimento da presença digital da empresa. Por meio desse espaço na web, o seu negócio pode disponibilizar serviços, conteúdos e o que mais for de interesse do seu público.

Associado a boas práticas de SEO, um site pode ser o canal ideal para o marketing de conteúdo, por exemplo, o qual servirá como um reforço para que o seu negócio ocupe as primeiras posições nas buscas do Google e seja uma referência naquilo que faz.

Expansão dos negócios

Outro ponto de destaque da criação de um site próprio é a possibilidade de expandir a atuação do negócio. As vendas online, por exemplo, já representam uma parcela considerável do mercado. Muitas das empresas não nasceram digitais, mas adaptaram-se ao modelo e melhoraram seus resultados ao expandir para esse mercado.

Esse pode ser um caminho interessante para pequenos negócios que ensaiam algumas inovações e pensam em ofertar serviços e/ou produtos em conformidade com os padrões e hábitos de consumo modernos.

Vale pesquisar sobre as opções para adentrar o ramo das vendas online. É possível lançar seus produtos nos shoppings virtuais, os chamados marketplaces, ou até inaugurar sua própria loja na rede. A decisão por um modelo deve vir após uma ponderação sobre as necessidades da empresa.

Maior interação com o cliente

A busca por mais comodidade, confiabilidade e agilidade na solução das necessidades do consumidor demandam soluções integradas, comunicação eficiente e diversificação dos canais de interação com o público. Nesse ponto, apostar na criação de site pode fazer toda a diferença.

Além de disponibilizar um meio mais acessível para que o cliente faça contato com a empresa, uma página na web pode ser um reforço interessante na satisfação do consumidor — pois você oferecerá serviços diferenciados, mais segurança e mais agilidade, além de preços mais atraentes.

Tudo isso aumenta a identificação do público com a empresa e melhora a relação empresa/cliente, de modo a aumentar a performance do negócio.

Adequação às tendências­

O cliente moderno consome de maneira diferente. Com a possibilidade de descobrir lojas, comparar preços e consultar a popularidade de uma marca utilizando apenas o smartphone ou o computador, o comprador está bem mais criterioso.

É importante saber que, diante das vastas opções oferecidas pela internet, o consumidor só comprará da marca com a qual desenvolve uma relação afetiva.

Por meio do site, a empresa pode divulgar conteúdos relevantes para sua clientela, estreitando o laço com o comprador. Em vez de preocupar-se apenas em realizar vendas, o gestor deve transformar sua página na web em um canal de comunicação direta com o consumidor. Esse é o marketing do futuro!

Está esperando o que para ter seu site?

Agora que já entendemos quanto custa criar um site profissional, qual a sua importância e o que todo site deve ter, está na hora de criar o site para a sua empresa.

Gostou do post sobre quanto custa criar um site profissional? Confira todos os nossos conteúdos sobre marketing digital em nosso blog e nos acompanhe nas redes sociais, estamos no Instagram ou no YouTube.

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?