O que é franquia

O que é franquia

Blog   ·  Criado em 26/08/2019   ·   Atualizado em 04/06/2020   · ​ 27 minutos

O que é franquia

Você pode ter o seu próprio negócio de três formas:

1. Começando do zero

2. Comprando um negócio pronto

3. Abrindo uma franquia

Muitos consideram as duas primeiras opções muito arriscadas, mas por não saberem o que é franquia, acabam recorrendo a elas.

Uma franquia é como qualquer outro tipo de negócio, a única diferença é que ela já está pronta, tem o seu próprio espaço no mercado e tudo o que você precisa fazer é administrar a sua unidade do jeito certo.

O brasileiro tem em seu DNA o espírito empreendedor. Mas o que falta muitas vezes é ousadia e alguém para apontar o caminho.

Neste conteúdo você vai aprender tudo sobre o que é franquia, quais suas vantagens, suas desvantagens, para quem ela foi feita e até mesmo quem deve passar longe delas.

Se você quer começar a empreender e quer investir o seu dinheiro de um jeito estratégico, sugerimos que você pare alguns minutos para entender como uma franquia pode ser tudo o que você estava procurando.

Antes de começar a leitura deste conteúdo, recomendamos que você assista nossa série de vídeos sobre franquias.

tudo sobre as melhores franquias

 

Como surgiram as franquias?

O conceito de franquias é muito mais antigo do que se imagina. 

Parte dos historiadores afirmam que o conceito de franquias surgiu na Idade Média, quando os senhores feudais vendiam a outros o direito de cobrar impostos e operar o mercado em seu nome.

Naquela época os primeiros exemplos de franquia tinham um conceito mais político e não comercial.

O modelo de franquia que conhecemos hoje começou a ganhar forma como modelo de negócio na Alemanha, na metade do século XIX, quando os fabricantes de cerveja fechavam contrato com donos de tabernas para venderem suas cervejas com exclusividade.

Já nos Estados Unidos, o primeiro exemplo de franquia surgiu com a venda de produtos para donas de casa.

Em 1851, Isaac Singer tornou-se o primeiro franqueador de grandes marcas e passou a vender para vendedores viajantes o direito de comercializar máquinas de costura para clientes finais.

Apesar da companhia Singer® Sewing Machine Company ter dado os primeiros passos como uma Franqueadora, a Coca-Cola superou todas as expectativas.

Em 1890, a Coca-Cola resolveu franquear os direitos de engarrafar sua bebida para empresários que recebiam territórios de atuação exclusivos para distribuir a bebida em troca do pagamento de taxas e em assumir todos os riscos ao distribuir o produto.

A partir daí, grandes marcas como a Ford e a General Motors passaram a franquear concessionárias para empresários e o restante é história.

Por causa do crescimento das franquias na década de 60, o mundo passou a recebeu uma enxurrada de operações de franquias, até que ela se tornasse o que a conhecemos hoje.

Como resultado dessa evolução, as franquias são negócios regulamentados e ajudam muitos empresários a conquistarem o sucesso que tanto sonharam.

Agora que entendemos a origem das franquias, vamos ao conceito de O que é franquia, acompanhe!

O que é franquia?

Uma franquia, franchising em inglês, é uma estratégia de negócio para uma marca conquistar uma grande participação do mercado por meio de novas unidades. Também conhecido como expansão de negócio.

É uma forma de atrair novos clientes e mantê-los satisfeitos por causa do padrão de qualidade exigido.

As franquias podem ser definidas como:

- uma estratégia de negócios para conquistar novos clientes

- uma estratégia de marketing para criar uma imagem consolidada na mente dos clientes

- uma forma de distribuir produtos e serviços que atendem às necessidades dos clientes

Devemos encarar uma franquia como sendo uma rede de relações comerciais interdependentes que permitem que vários empresários compartilhem:

- uma mesma identidade de marca

- um método bem-sucedido de fazer negócios

- um sistema comprovado de marketing e distribuição

Em poucas palavras, uma franquia é uma aliança estratégica entre um grupo de pessoas que compartilham os mesmo ideais e responsabilidades com o único objetivo de dominar o mercado, manter seus clientes e sair na frente da concorrência.

Quando você “compra uma franquia”, não significa que você passa a ser dono do negócio e pode fazer o que quiser com a unidade.

Você, como Franqueado, está investindo em um sistema para usar o nome da marca, o sistema operacional e o suporte contínuo da Franqueadora.

Ou seja, você, assim como todos os demais Franqueados, está licenciado para usar o nome da marca e todo o seu sistema operacional. 

Para isso acontecer, precisa pagar uma taxa mensal chamado de royalty.

Conseguiu entender o que é uma franquia? Se você precisar tirar dúvidas pode falar com um especialista em franquias diretamente pelo WhatsApp.

Como se tornar um Franqueado?

Para ser um candidato a Franqueado você precisa pagar uma taxa de franquia (uma taxa inicial) e assinar um contrato. 

Depois que essa etapa for concretizada você passa a ter o direito de usar:

- o nome da empresa/marca

- o modelo de negócio

- o manual de operações

- materiais de marketing

- programas

- todos os treinamentos

Além disso, você recebe um território, uma área geográfica exclusiva, ou preferencial, para atuar e desenvolver o seu negócio.

Todas as informações sobre o território estão explícitas na COF, a Circular de Oferta de Franquia.

Descubra Como funciona uma franquia agora mesmo!

Como ser um franqueado?

Existem muitas opções de franquias para se investir no Brasil

Segundo a ABF, Associação Brasileira de Franchising, existem mais de três mil marcas de franquias no país e a tendência é que esses número cresçam ainda mais.

As franquias são divididas em nove segmentos de negócio:

1. Franquias de Alimentação

2. Franquias de Casa e Construção

3. Franquias de Saúde, Beleza e Bem-estar 

4. Franquias de Hotelaria e Turismo

5. Franquias de Serviços Educacionais

6. Franquias de Limpeza e Conservação

7. Franquias de Comunicação, Informática e Eletrônicos

8. Franquias de Moda

9. Franquias de Serviços e outros Negócios

Nós, da High Sales, arriscamos dizer que existe uma décima categoria de tipo de franquia: as Franquias Digitais. Preste atenção nelas, uma vez que o mundo digital tem ganhado força nos últimos tempos.

Para saber como ser um franqueado da franquia certa para investir é muito desafiador e é o que vai definir o seu sucesso como empreendedor.

Pense que são mais de três mil jeitos diferentes de fazer negócio.

Nenhuma franquia é igual a outra. Cada uma segue o seu próprio caminho para alcançar o sucesso que é hoje.

Você deve estar se perguntando como escolher a franquia certa. 

Aqui vão algumas dicas que você pode levar em consideração.

Descubra em que você é bom

Essa é a hora que você faz uma autoavaliação para listar quais são as suas habilidades como um profissional, como um empreendedor.

Anote tudo aquilo que você é realmente bom e sabe fazer, mesmo que não domine ou tenha experiências.

Por exemplo: você é um bom vendedor? Anote.

Você é bom em criar relacionamentos e mantê-los? Anote.

Você é bom em desenvolver conceitos, tem criatividade? Anote.

Você sabe trabalhar sozinho e consegue administrar bem o seu tempo? Anote e anote!

Tudo aquilo que você é bom em fazer, aquilo pelo qual você é reconhecido, anote. 

Faça uma análise SWOT de si mesmo.

PS.: A análise SWOT, para quem não sabe, é uma matriz que facilita a análise dos seus pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças de um negócio, mas que pode ser perfeitamente aplicado em sua vida.

Combine suas melhores habilidades com as oportunidades de franquia

Com a sua lista em mãos, comece uma pesquisa de franquias que se encaixam com a sua personalidade.

Comece pelos portais de franquias e sites especializados em franquias.

Separe as oportunidades de franquias que mais chamam a sua atenção. 

Analise cada um deles e veja se você seria capaz de aplicar suas habilidades para administrar o negócio e ser bem-sucedido.

Vamos de exemplo?

Digamos que você tem interesse em adquirir uma franquia de alimentos.

Você escolhe as franquias que você gosta e lê todas as informações que a Franqueadora oferece.

Durante a pesquisa, você começa a comparar sua lista de habilidades com as informações da Franqueadora e percebe que entre as habilidades mais fortes estão gerenciamento de vendas, padronização e atendimento ao público.

Então você percebe que pode se encaixar, e muito bem, dentro da filosofia da Franqueadora e resolve dar o próximo passo ao entrar no site e solicitar mais informações.

Quer saber mais sobre o que é um franqueado e Como se tornar um Franqueado? Confira este vídeo:

Acompanhe as últimas tendências

Quais são as últimas tendências de negócios e consumo?

A maneira como as pessoas consomem e interagem com um serviço muda a todo instante. 

Quando você acompanha as tendências do mercado, consegue visualizar qual tipo de franquia pode ser a certa para investir em curto e longo prazo.

É muito comum as pessoas escolherem aquelas franquias que estão no topo hoje, mas que em alguns meses cai no esquecimento porque não acompanhou o seu público.

Podemos dizer que é natural que as pessoas optem pelas escolhas mais populares, mas o que queremos que você faça é que escolha aquelas franquias que não vão fracassar da noite do dia. 

Evite modismos. Faça uma análise fria, de um investidor mesmo.

Descubra no que as pessoas estão gastando dinheiro e estude o mercado. 

Se você tem interesse em franquias B2B (business-to-business, de empresa para empresa, em tradução livre), descubra o que está em alta nos negócios.

Comece a se manter atualizado no mundo dos negócios e saiba o que pode mudar daqui alguns meses e anos. 

Invista em franquias que se atualizam constantemente, que investem em inovações e que acompanha o desenvolvimento do seu público.

Não existe nada mais triste do que investir em algo que vai fracassar amanhã.

Fale com o Franqueador e outros Franqueados

Depois que você decidir qual franquia quer investir, precisa descobrir se ela é realmente tudo aquilo que diz.

Seu próximo passo é analisar completamente o COF e investigar.

Para que a análise gere bons resultados, você precisa:

- Conversar com o Franqueador

- Conversar com Franqueados

- Examinar o COF

- Examinar o contrato

- Fazer uma pesquisa do mercado de atuação da franquia

Quer saber como é fazer parte de uma franquia? Confira o depoimento de Franqueado High Sales Digital:

Com essas informações você consegue descobrir se:

- O negócio é rentável

- Qual é a organização da franquia

- Se o negócio tem boa aceitação

- Se a proposta de venda é exclusiva

- Quão bons são os controles financeiros do negócio

- Como o público reage ao negócio

- Qual é a integridade e o compromisso do Franqueador

- Qual é a taxa de sucesso do negócio e muito mais

Não tenha vergonha de perguntar e correr atrás das informações. Estamos falando do seu investimento e do seu futuro.

Caso a franquia não queira compartilhar suas informações, desconfie ou tente descobrir o motivo. 

Existem muitos negócios que realmente envolvem segredos de negócio que exigem um contrato de confidencialidade. 

Vantagens e desvantagens de uma franquia

Agora que você já sabe o que é franquia, vamos compartilhar algumas vantagens e desvantagens de investir em uma. 

Vantagens da franquia

- Redução de riscos. Diferente de um negócio que começa do zero, as franquias têm baixos riscos, ou seja, as chances de falir ou dar errado são baixas já que o modelo de negócio já consolidados.

- Produtos e serviços com participação de mercado. As franquias já são consolidadas no mercado, isso significa que já são conhecidos por um público.

- Marca já reconhecida no mercado. Como os produtos e serviços já são conhecidos no mercado, você não precisa passar por todo o processo de conquistar um público do zero.

- O Franqueador oferece suporte. O pacote geralmente é completo, uma vez que o Franqueador proporciona treinamento, ajuda na criação de negócios, um manual informando como administrar os negócios e conselhos contínuos.

- Nenhuma experiência prévia é necessária. Com os treinamentos oferecidos pelo Franqueador, os Franqueados ganham as habilidades necessárias para operar a sua unidade.

- Você pode disputar contra grandes empresas. Uma franquia já possui história no mercado. Ao invés de ser um negócio independente que acabou de começar, um Franqueado conta com toda a expertise e experiência de mercado da Franqueadora.

- Direitos exclusivos. Você tem total exclusividade, ou preferência, para comercializar e trabalhar em sua região. Não precisa se preocupar com nenhuma outra unidade da Franquia sendo uma “concorrente”.

- Você participa de uma rede de Franqueados. Você pode se beneficiar de toda a rede de contatos entre Franqueados e pode ter acesso a novas ideias para fazer o seu negócio decolar.

- Trabalha com Fornecedores homologados. Não precisa se preocupar com erros, uma vez que os fornecedores já são definidos e vão dar todo o suporte para a sua franquia.

Desvantagens da franquia

- Custos podem ir além da taxa de franquia. Quando você opta por uma loja, além dos custos iniciais da franquia, você precisa pagar taxas de serviço de gerenciamento e de estruturação do negócio.

- Existe restrições de como administrar o negócio. Você não pode sair testando todas as ideias que surgirem em sua mente. Antes de qualquer projeto ser iniciado em sua franquia, você precisa da aprovação da matriz para dar certo.

- A Franqueadora vai monitorar seu negócio de perto. Existem empresários que não gostam de cobrança, mas saiba que a Franqueadora vai acompanhar o seu desempenho de perto e cobrar performance do seu negócio.

- A Franqueadora pode ter má reputação. Quando você não faz uma pesquisa minuciosa da franquia que você quer adquirir, pode acabar entrando em uma furada e sofrer as consequências da sua má reputação.

- Não é fácil vender uma franquia. Do mesmo jeito que você passou por todo um processo de seleção até se tornar um franqueado, a pessoa que quer comprar a sua franquia vai precisar passar pela aprovação da matriz. Você não vai poder vender a sua unidade para qualquer pessoa ou quando bem entender.

- As franquias podem ser inflexíveis. As franquias podem limitar a sua forma de fazer negócio, como fazer negócio e onde você pode fazer negócio. Se você não gosta disso, as franquias podem não ser a opção certa.

 

Se você gostou da nossa explicação sobre o que é franquia, acompanhe nosso trabalho nas redes sociais e confira muitos outros conteúdos exclusivos: estamos no Facebook, no LinkedIn, no Instagram e no YouTube!

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?