franquias: tudo o que precisa saber

Franquias: tudo o que precisa saber

Blog   ·   26/08/2019   ·   ​35 minutos

franquias: tudo o que precisa saber

Você sabia que o Brasil é o país mais empreendedor do mundo? E que as franquias estão em alta nos últimos 5 anos?

De acordo com o SEBRAE, apenas 7 de cada 10 empresas sobrevivem após o segundo ano de vida.

No caso das franquias, apenas 3% delas quebram após o segundo ano de vida. É uma grande diferença.

Além do dinheiro para investir, é preciso buscar conhecimento, para não vir a quebrar e perder todo aquele dinheiro investido.

Neste conteúdo vamos entrar pelo mundo das franquias para que você tenha segurança e invista do jeito certo.

Comprar uma franquia ou montar um negócio próprio?

Uma franquia já possuí um modelo formatado, com uma equipe de suporte por trás, com anos de desenvolvimento de softwares concebidos para aquele negócio, com fornecedores mapeados e parcerias feitas, com direcionamentos e dicas de situações já vividas pelo franqueador e por outras dezenas, centenas ou milhares de franquias da Rede.

Além disso, existe a construção da marca.

Ao abordar os primeiros clientes você poderá utilizar do artifício que você faz parte de uma rede de franquias.

A maior desvantagem é se você não tiver perfil empreendedor ou não gostar de seguir regras.

Outra desvantagem é que "faça chuva ou faça sol”, existem compromissos financeiros assumidos em contrato para com a Franqueadora. 

Montar o Negócio do Zero

Em contrapartida para montar um negócio do zero você precisará desenvolver tudo isso que acabamos de falar.

Lembre-se que a Franqueadora ainda conta com um time de profissionais capacitados, que foram selecionados para executarem cada um a sua especialização dentro da Franquia.

Mapear fornecedores será outra atividade que você não deve esquecer de incluir em sua lista.

Abrir mercado e conquistar clientela quando se está começando e não não tem nenhuma experiência no mercado, sem nenhum caso bem-sucedido é outra preocupação que ronda os novos empresários.

A grande vantagem do negócio próprio é que você pode fazer testes e estratégias próprias até tudo ficar alinhado e do jeito que você quer, sem precisar seguir orientações da Franqueadora.

Se o negócio não der certo você não precisará seguir com o contrato, que normalmente tem um tempo mínimo de 5 anos.

Recomendações

Avalie qual desses modelos se encaixa melhor com a sua personalidade como empresário e que vai te ajudar a realizar o sonho de ter o seu próprio negócio.

Tudo é questão de perfil e personalidade. Não existe o certo e o errado. Você pode escolher em construir seu sonho sozinho ou junto de uma Franquia Digital.

A ESCOLHA É TOTALMENTE SUA!

Mas você sabe o que é uma franquia?

Uma franquia nada mais é do que você pegar um modelo de negócio pronto, já testado e utilizar-se desta marca, tecnologia e expertise para conquistar o sucesso.

Você pode, por exemplo, abrir uma hamburgueria do zero ou abrir uma franquia do McDonald's ou um Burger King? Pelo sistema de franquia isso é possível.

Ao abrir uma franquia você está multiplicando um modelo de negócio já testado, recebendo todo o suporte e treinamento, o direito de uso desta marca e podendo distribuir seus produtos e serviços.

Em troca, você paga as taxas de franquia e os royalties, além de se dedicar para o crescimento da sua unidade.

Ao comparar com um modelo de negócio onde você começa do zero, os riscos de uma franquia são menores, afinal você trabalhará com uma marca e um sistema de negócio que já testado e que gera resultados.

Você não criará nada e sim replicará um modelo de negócio bem-sucedido.

Ao receber o suporte, capacitação e até mesmo os softwares de gestão, os riscos de ter que encerrar suas atividades são muito menores, uma vez que não precisa testar e ajustar até alcançar um modelo rentável.

Em contrapartida a isso, você precisará fazer um investimento inicial.

Conheça as diferenças de Franquias e Microfranquias

Microfranquias são aquelas que possuem um investimento inicial menor do que as franquias, geralmente com valores menores que R$ 90 mil — o que pode variar.

Já uma franquia, considerada de grande porte, tem um investimento acima de R$ 90 mil e pode chegar até R$ 2 milhões.

O primeiro ponto a se pesquisar é a rentabilidade da franquia ou microfranquia, por exemplo:

Quando falamos em investimentos financeiros nos dias atuais, um ótimo retorno mensal pode ser considerado na faixa de 3%. Ao investir R$ 2 milhões em uma franquia, o retorno pode variar entre R$ 60 mil.

Pegando o mesmo exemplo anterior, ao investir 40 mil nas microfranquias digitais High Sales, com um retorno mensal de 3%, isso equivale a um retorno de aproximadamente R$ 1.200,00.

O detalhe é que sem falar de conceito de negócios milagrosos, o top microfranqueado High Sales tem faturado R$ 50 mil mensais, com muito esforço, dedicação e inteligência de negócio.

Então faça as contas!

Além disso avalie se você irá montar algo em casa, ou uma loja de rua ou um quiosque em um shopping. O local vai impactar diretamente em seu investimento inicial e nos custos fixos mensais.

Há vários ramos diferentes nos quais você pode atuar como franqueado ou microfranqueado. Você pode operar no mercado de alimentação saudáveis, pet shop, roupas e até franquias de marketing digital.

As melhores franquias para investir

Quando entramos no assunto franquias ou microfranquias vem em nossa direção um imenso leque de marcas. Esse grande número de possibilidades acaba gerando dúvidas e medos, por isso é importante procurar logo no início as melhores opções de franquias para investir.

Cada marca tem uma oferta diferente, modelo de negócio diferente, produtos e serviços diferentes, e em muitas vezes defendem-se da concorrência de forma agressiva, injusta e desleal.

Sempre procuro expor a realidade de que existe espaço para todos no mercado.

Se a marca da franquia é excelente, ela não irá agredir a concorrência no momento do atendimento ao candidato interessado, apenas mostrará os pontos positivos que a faz ser uma marca de excelência no Franchising, tornando-a uma das melhores franquias para investir.

Ética é o primeiro pilar de uma marca séria.

Para essa pergunta: “Qual a melhor franquia para investir?” Vão existir treinamentos, consultores, especialista que podem direcionar o candidato, no entanto, saber qual a melhor franquia para investir é uma resposta difícil de se obter e depende muito do que o candidato a franqueado está procurando.

Veja alguns itens importantes abaixo, para acertar na escolha da melhor franquia para investir: 

Afinidade com a Franquia

O fato de uma franquia ser boa, ter sucesso, possuir um grande lucro e alto grau de rentabilidade e de retorno não é o suficiente para dizer que ela é a melhor opção para você.

Antes mesmo de pensar no valor a ser investido ou em quanto tempo você terá um retorno, pense se você se encaixa no nicho de mercado desta franquia.

De nada adianta você iniciar um negócio na área de alimentação se não possuir nenhuma afinidade com o negócio.

Mesmo que você tenha uma franquia, a proposta é que a parceria dure por longos anos, por isso é necessário fazer aquilo que gosta. Então, comece definindo qual é a sua área de interesse.

Eu AMO o mercado da franquia que vou investir?

Lembre-se que escolher um modelo de negócio para trabalhar, não pode ser observado do ponto de vista de consumidor. Exemplo: “Amo comer o lanche da marca X, então vou comprar uma franquia para trabalhar com eles”.

Ser consumidor é uma coisa e estar envolvido na operação do negócio é outra coisa totalmente diferente. São duas coisas bem distintas e é algo que deve ser levado em conta antes de tomar uma decisão tão importante.

Responda: Se eu trabalhasse durante 20 anos nesse negócio eu continuaria amando e motivado? Se sua resposta for sim, então essa é uma das melhores franquias para investir.

O potencial de rentabilidade da franquia atende minhas expectativas de retorno financeiro? É importante ver quais os resultados possíveis de atingir no modelo de franquia que você vai escolher.

Esse é um tema importante a ser avaliado, pois em alguns casos, somente após entrar no negócio o candidato percebe que gostaria de ganhar 3 vezes mais do que a franquia pode proporcionar e isso é um fator que não motiva, mas desmotiva drasticamente o empreendedor.

Análise financeira do negócio O valor do investimento, a lucratividade e o tempo de retorno de cada negócio são fatores a serem analisados.

É preciso ver o quanto você está disposto a investir.

Hoje em dia existem franquias a partir de R$ 700 e pode passar os R$ 2 milhões.

Uma franquia estará entre as melhores opções se possuir um retorno rápido, te dar o suporte necessário e estiver consolidada no mercado.

A rotina de operação da franquia é como eu imagino?

Já me deparei com muitos candidatos a Franqueados que desejam escolher uma franquia no formato “INSS”, não faço nada e faturo todos os meses.

Observar e entender como é a rotina de operação da franquia que você está pretendendo investir é imprescindível, pois se você se cansar de executar o trabalho, quem o fará por você?

Mesmo que você invista em contratação de funcionários e tenha pessoas de confiança realizando a operação da franquia, o proprietário empreendedor deve saber como vai o negócio, afinal de contas: “o olho do dono é que engorda a boiada”.

Recomendações para encontrar sua franquia

Faça um estudo de viabilidade técnica e econômica, e certifique-se de que os cálculos apresentados pelo franqueador estão corretos.

Adapte esse estudo para o mercado regional onde você pretende abrir a franquia.

Você tem perfil para investir em franquias de shopping, de rua, um quiosque, um modelo home based? Tenho capital para investir em uma franquia ou microfranquia?

O Brasil é geograficamente extenso, existem franquias que utilizam estratégias de TVV – Telemarketing Visita e Venda, outras usam parcerias comerciais, outras o famoso e velho porta a porta, algumas trabalham com indicações, e muitas investem em marketing digital como o Google Ads.

Nem sempre o que funciona em São Paulo funcionará igual no Rio Grande do Sul ou em Manaus, portanto é fundamental o empreendedor ter várias estratégias de vendas para a franquia prosperar.

Vamos passar adiante alguns pontos que você precisa checar, mas por hora lembre-se “fórmula mágica” não existe mesmo, as melhores franquias para investir, os melhores retornos.

Franquia é um negócio e você precisa se dedicar muito, ser responsável, pró ativo, confiar na franqueadora e estudar o mercado que você vai atuar. Trabalhar pouco e ganhar muito é uma “fórmula mágica”, e fórmula mágica não existe.

Como aumentar as chances de encontrar as melhores franquias para investir?

Já vimos acima que o risco de investir em uma franquia é bem menor do que abrir um negócio próprio e sozinho, mas o risco ainda existe, porém ele é indiscutivelmente menor no franchise.

Abaixo um checklist para aumentar suas chances de encontrar as melhores franquias para investir:

  1. Escolher um ou dois segmentos dentre as milhares de opções existentes no mercado.
  2. Estude e conheça plenamente o segmento que você escolher.
  3. Você realmente tem engajamento com o negócio escolhido? Não escolha uma franquia por impulso.
  4. Escolha um contador e um advogado de sua confiança e estudem os números apresentados.
  5. Converse com outros franqueados da marca escolhida e veja como é o relacionamento entre Franqueador e Franqueados.
  6. Avaliar o histórico de como tem sido a evolução tecnológica, financeira, comercial da Franqueadora e franquias.
  7. Avaliar a condição de compra (taxa de franquia), que é paga no início e na renovação do contrato.
  8. Perguntar e Avaliar quais as taxas mensais como: Royalties, o fundo de propaganda também pago mensalmente, pergunte quais os outros custos mensais existem.
  9. Avaliar custos com os fornecedores homologados.
  10. Avaliar também os custos fixos.
  11.  Verificar qual o capital de instalação, capital de giro, ROI e previsão do break even point.
  12. O treinamento inicial tem custos? Some aos custos o deslocamento, hospedagem, alimentação e outros envolvidos neste treinamento.
  13. Qual o tempo do contrato?
  14. Qual será a área de atuação, ela é exclusiva ou compartilhada?

Conceitos importantes

Para abrir uma franquia, é importante que você conheça alguns conceitos que giram em torno do “mundo do Franchising”, vejamos abaixo:

Franqueador é o dono da marca que desenvolve o negócio, sistemas, receitas, práticas e outros. O franqueador é quem detém o registro da Marca.

O franqueador é quem seleciona quem serão seus franqueados.

Franquia é a unidade propriamente dita, e você pode ter uma ou mais.

Pode ser uma loja física um ponto comercial ou você trabalhar no modelo home office (em casa).

Franqueado é o operador da franquia.

É quem terá o direito de fazer uso da marca, explorar o território, com a assinatura do contrato de franquia.

Território é a área ou região onde o franqueador permite que você como franqueado explore e opere sua franquia.

Pode ser exclusivo ou preferencial, sendo:

Exclusivo, apenas você poderá operar em um território.

Ou preferencial, poderá ser aberto outras unidades em um território, mas você terá a preferência de abertura.

Rede é o conjunto de todas as Franquias.

Isso é o grande benefício de estar em uma franquia, todos multiplicando resultados.

Para a High Sales o que mais se busca são excelentes operadores da franquia com excelência em relacionamento junto aos clientes, uma entrega assertiva dos projetos, o dia a dia de uma boa operação.

Isso tudo se transforma no maior ativo de um Franqueador, muito maior que taxas de entrada é essa vontade de fazer sua franquia acontecer bem, isso chamamos a franquia de sucesso.

Fornecedores Homologados são fornecedores de produtos ou serviços mapeados, avaliados e aprovados pelo franqueador para beneficiar a todos.

COF (Circular de Oferta da Franquia) dedique muito tempo nela. A COF é um documento desenvolvido pelo franqueador que apresenta:

  • As condições gerais do negócio.
  • A descrição do negócio franqueado.
  • Os aspectos legais.
  • Histórico resumido
  • A exclusividade ou não de território
  • Concorrência após o término do contrato
  • Características do “Franqueado Ideal”.
  • Valores de investimentos e taxas.
  • Prazo de retorno.
  • Relação dos franqueados ativos e desligados da rede.
  • Canais de comunicação da rede com seus franqueados.
  • Suporte oferecido.
  • Direito de preferência de compra.
  • Registro da marca no INPI – Instituto Nacional de Propriedade Industrial.
  • Obrigações, deveres e responsabilidades das partes.
  • Verifique cuidadosamente alguns pontos como:
    • A Solidez do franqueador, através de balanços contábeis.
    • Quadro societário.
    • Pendências jurídicas. 

Solicite a COF que é o documento exigido pela Lei 8955/94 e prevê que Franqueadores antes de formalizar a assinatura do contrato disponibilizem a COF.

Nela é apresentado as informações e critérios exigidos pela Lei, não se precipite, além de ser previsto em Lei, não assine nenhum contrato antes de 10 dias que você recebeu a COF.

Isso é um tempo mínimo para que você, futuro franqueado, tenha condições de avaliar em detalhes sua futura franquia.

Leia atentamente o contrato e tire todas as dúvidas quantas vezes for necessário.

Enfim, avalie cuidadosamente os documentos que não são apenas burocracia, a COF é muito importante.

Royalties para exemplificar podemos fazer um paralelo entre um clube e o sistema de Franchising.

No clube paga-se um título dando direito de entrar, isso seria taxa inicial ou de entrada, para usar a marca.

Na taxa inicial pode ou não estar incluso o projeto arquitetônico, apoio técnico para montagem e inauguração da loja.

Para se manter no clube você paga uma mensalidade, isso seriam os royalties, que podem ser fixos, ou variáveis.

Vale lembrar que no clube existem regras, por exemplo, não posso usar tênis de futebol suíço em quadra futebol salão.

Em Franchising também existem regras do franqueador, que o franqueado precisa seguir, ele é o dono do negócio e marca.

E por que um franqueado paga Royalties?

O Franqueador concede o direito para um franqueado explorar a marca, utilizar sua comunicação visual na loja, folders, propostas, embalagens…

Também lhe dá o direito de distribuir produtos e serviços em um determinado território.

Além de permitir o uso de receitas criadas, modelos estabelecidos, sistema de gestão, e rede de fornecedores homologados.

Para a criação de tudo isso o investimento do franqueador é alto, no nosso caso, esses investimentos estão em 7 dígitos.

Esses são alguns motivos que o franqueado faz pagamentos mensais de royalties.

Fundo de propaganda ou taxa de marketing nada mais é do que a contribuição paga por cada franqueado para custear ações de marketing da rede.

Com isso aumentar as possibilidades da franquia em captar novos clientes. Normalmente esse dinheiro é administrado pela franqueadora ou por quem ela delegar.

Essa taxa é variável e definida por cada franqueadora, e precisa constar na COF.

Taxa inicial ou investimento inicial é o valor pago para adquirir a franquia. Capital de instalação, usado no ponto de partida, listamos alguns itens:

  1. Moveis e equipamentos.
  2. Fachada ou reforma se for loja física, e neste caso pode existir uma luva que você precisará pagar para um shopping por exemplo.
  3. Estoque inicial caso o franqueador exija.
  4. Outros.

Capital de giro, usado para manter sua operação e pagar as despesas do dia a dia como:

  1. Salários.
  2. Alugueis.
  3. Estoque (caso tenha).
  4. Impostos.
  5. Royalties.
  6. Taxas gerais.
  7. Outras Despesas.

Enfim todos os investimentos envolvidos até sua franquia alcançar o ponto de equilíbrio (Receitas igual ou maior que as despesas).

Resumindo os investimentos faça a somatória:

  1. Taxa Inicial ou taxa de entrada da Franquia +
  2. Capital de Instalação +
  3. Capital de Giro +
  4. Despesas previstas na COF +
  5. Opcionalmente Financiamento +
  6. Opcionalmente Estoque.

Não tenha pressa e espere o momento oportuno, comprar sua franquia é um sonho pessoal, profissional.

Se pudesse resumir tudo o que falamos para sua franquia ter sucesso em duas frases, seriam: 

ANTES DA COMPRA: Muita Pesquisa e alinhamento das expectativas!

DEPOIS DA COMPRA: Muita Dedicação!

Se você precisar de ajuda para escolher a melhor franquia para investir, ou simplesmente deseja abrir o seu próprio negócio, para ter mais segurança, liberdade e crescer, que à vontade para falar conosco.

A missão das Franquias de Sucesso High Sales é difundir o empreendedorismo ajudando pessoas e negócios a performarem as vendas com marketing digital.

Se você gostou da explicação, dos passos e das dicas que foram dadas sobre franquias? Então acompanhe nosso trabalho nas redes sociais e confira muitos outros conteúdos exclusivos: estamos no Facebook, no LinkedIn, no Instagram ou no YouTube!

Agora se você deseja empreender e precisar de ajuda para escolher a melhor franquia para investir, ou simplesmente deseja abrir o seu próprio negócio, para ter mais segurança, liberdade e crescer, fique à vontade para falar conosco.

E aí, gostou do nosso artigo? Aproveite para conferir outros posts como esse em nosso blog. Compartilhe também com seus amigos em suas redes sociais preferidas! Criação de sites é nossa especialidade!

Transforme suas ideias em performance digital!

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?