Marketing Digital para Advogados
Os segredos do

Marketing Digital para Advogados

Blog   ·  Criado em 14/08/2020   ·   Atualizado em 14/08/2020   · ​ 12 minutos

Marketing Digital para Advogados

O Marketing Digital para Advogados precisa ser feito com muita cautela pois não envolve apenas o marketing para advogados em si, pois existem regras impostas pela OAB que precisam ser vistas. Superado isso o marketing digital para advogados pode trazer muitos frutos, vejamos alguns:

  • Agregar valor ao negócio
  • Autoridade
  • Indiretamente aumento de clientes

Quando analisamos o setor jurídico apesar da muita demanda, a quantidade de novos profissionais cresce ano após ano. Se destacar e ter uma prestação de serviço excelente já não traz todo o diferencial necessário. Por isso, cada detalhe do marketing para advogados precisa estar bem alinhado.

Quer saber quais são os principais aspectos trabalhados pelo marketing juridico dos escritórios que estão conseguindo crescer cada vez mais com resultados positivos? Então, confira os próximos tópicos. Listamos algumas das melhores práticas e orientações que poderão ajudar você a trabalhar melhor seus recursos envolvendo o marketing juridico, acompanhe!

E evolução do Marketing

Assim como outras áreas o marketing tem evoluído vertiginosamente, e é importante você entender como isso pode ajudar no marketing para advogados, acompanhe essa videoaula:

Entendo essa evolução vejamos alguns segredos que você poderá utilizar no seu marketing juridico.

1. O cliente ideal definido pelo marketing juridico

Em linhas gerais, uma persona é um personagem criada com a finalidade de auxiliar a empresa a entender melhor quem seria o seu cliente ideal e o que, de fato, ele precisa.

Uma buyer persona bem definida é uma ótima ferramenta utilizada no marketing juridico. Com ela, é possível desenvolver e segmentar uma estratégia que ofereça um potencial muito mais efetivo de atingir o cliente certo.

Uma buyer persona considerada ideal é aquela que descreve, de forma detalhada, o cliente desejado. Ou seja, a pessoa que realmente compraria o produto ou serviço de uma empresa.

Mas como exatamente uma buyer persona poderia ajudar?

Ao contribuir para a definição de uma estratégia do Marketing Digital para Advogados, a buyer persona torna-se essencial para a economia de recursos, criação de ações mais eficientes e, claro, maior possibilidade de se chegar ao cliente desejado. Entre os pontos mais importantes podemos destacar os seguintes:

  • Melhora a comunicação da empresa com o cliente;
  • Define como deve ser a linguagem usada em blogs, redes sociais, entre outras mídias;
  • Define quais são as melhores redes sociais e plataformas para sua empresa;
  • Aponta quais conteúdos devem ser produzidos para que o objetivo seja atingido (se vídeo, blog posts, infográficos, etc.);
  • Mostra como deve ser trabalhado o e-mail marketing.

E olha que esses são apenas alguns dos pontos mais beneficiados com a aplicação da buyer persona em suas ações de marketing.

2. Desenvolva processos claros e objetivos

Um dos principais pilares para a performance digital são os processos bem definidos.

Ou seja, é interessante que concentrar esforços em desenvolver ações que possam ser executadas por qualquer colaborador e não apenas um único.

Ao fazer isso, é possível aumentar a produtividade, ampliar e melhorar o atendimento ao cliente e identificar pontos que possam ser mais bem explorados no futuro.

3. O Funil de Vendas do marketing juridico

Entender o que é e como funciona o funil de vendas é fundamental para que as receitas aumentem.

Aqui, vamos falar resumidamente sobre ele e suas etapas, desta maneira, você terá um norte para seguir.

O funil de vendas, também conhecido pelo termo pipeline, consiste em um processo que tem como finalidade direcionar ou acompanhar o cliente desde que ele fica sabendo que produtos ou serviços podem resolver problemas até quando ele decide fechar o negócio.

Mas que etapas são essas? Pois bem, confira abaixo:

O funil de vendas é normalmente dividido em três camadas ou etapas:

Topo do funil

O topo do funil é a parte mais abrangente e larga. É aqui que vamos encontrar aquelas pessoas que ainda não sabem que tem algum tipo de problema ou necessidade. Ou seja, a pessoa não está em busca de nenhum serviço ou produto e não sabe que precisa de algo. Com isso, ela não pode ser considerada um cliente, não ainda.

Como você quer aumentar suas vendas, essa etapa do funil é fundamental para ampliar o número de usuários de seu website ou blog, por exemplo. Aqui, você vai atrair os usuários com o objetivo de criar leads e claro, transformá-los em futuros clientes.

O topo do funil também é chamado de consciência. Isso porque, como apontamos, sua persona ainda não sabe que tem alguma necessidade. Sendo assim, devemos mostrar ao visitante que ele tem alguma dor, um problema que pode ser resolvido por você. Quando isso for feito ele passará para a próxima fase do funil.

Meio do funil

Aqui o cliente já conhece sua necessidade e agora está em busca de uma solução. Nessa fase ele está considerando aderir um serviço ou produto. Entretanto, ele ainda não sabe se o que você está oferecendo é o mais ideal para ele.

Para chegar a uma conclusão, o futuro cliente vai buscar mais dados sobre a empresa, produto e serviço. Caso ele decida pela compra, ele passa para a terceira e última etapa do funil (claro as vezes o cliente pode passar da primeira para a ultima etapa diretamente).

Fundo do funil

É aqui que o cliente (ou lead qualificada) vai analisar um produto ou serviço. Ele comparará com outros escritórios para decidir a melhor alternativa. Verá que a sua proposta é a melhor e termina todo o processo com o fechamento do negócio.

Tudo isso deve ser feito com total responsabilidade e dentro das normas da OAB.

Vantagens do funil de vendas

O funil de vendas não importa somente para você saber o seu volume de vendas ou quantos usuários acessaram a sua página na internet. Confira abaixo alguns dos principais benefícios:

  • Produtividade: fazer um negócio vender mais envolve produtividade. Com o funil de vendas, os colaboradores do negócio estarão cientes de que tudo está sendo acompanhando. Com isso, eles estarão mais atentos e se esforçarão mais para identificar, solucionar e chegar a resultados melhores.
  • Aproveitamento das oportunidades de negócio: As chances de que cada negócio seja fechado efetivamente aumentam com o funil de vendas. Sendo assim, aplicar ações para ampliar as possibilidades de fechamento ficam mais fáceis. Além disso, é possível saber se os clientes estão precisando de algo mais. Logo, será possível otimizar a oferta de serviços.
  • Otimização da gestão: Um dos principais objetivos do funil é fazer com que o ciclo de vendas seja padronizado fazendo com cada fase do processo fique mais ágil e objetiva. Logo, a equipe de gerenciamento e de vendas terá mais assertividade e foco objetivando o fechamento do negócio.

4. As vendas indiretas

Para vender mais é preciso que os processos estejam alinhados e atuem em harmonia. Por isso é essencial que tenhamos ferramentas simples e práticas para auxiliar nesse processo. Por exemplo, não há nada de errado em criar manuais de treinamento para os colaboradores. Fazendo isso, todos desenvolverão suas atividades de forma linear.

Aliás, lembre-se que treinamentos não devem envolver apenas aspectos técnicos. É essencial que eles ajudem todos a entender quais são as propostas e objetivos focados pela empresa e, claro, fazer com que todos entendam que é possível sempre aprender mais, atender melhor e consequentemente haverá mais negócios concretizados. Todos crescem no final.

Conheça mais afundo o marketing digital que utilizamos em diversos negócios.

Fontes de tráfego utilizados no Marketing Digital para Advogados

Depois de tudo o que vimos até aqui é importante que você não se esqueça de investir em seus canais de tráfego.

Afinal, essa é mais uma medida que pode ser implantada em seu negócio para ampliar e diversificar as formas de contato com seus clientes. Lembre-se de que ‘quem não é visto, não é lembrado’.

Vejamos os principais canais usados no Marketing Digital para Advogados:

Google

Seja de forma orgânica – aquela que você não paga e utiliza-se de técnicas de SEO, ou de forma paga com o Google ADS, o Google é uma fonte fantástica para impulsionar negócios.

As opções são muito fartas, você pode utilizar artigos para o blog, vídeos para o YouTube e com certeza a rede de pesquisa para impulsionar seus conteúdos.

Redes Sociais

O Facebook e Instagram são as maiores redes sociais do planeta, e além de gerar bons negócios é um canal de fidelização de clientes.

Impulsionar conteúdos de qualidade nesse canal é sem dúvida algo importante para a relevância digital.

Mas você pode utilizar de outras redes sociais como o WhatsApp e Telegram.

Portais especializados

Portais especializados também podem ser ótimas opções independente do seu segmento, normalmente os investimentos são aceitáveis e o retorno é bem interessante. Além de gerar negócios indiretos eles fortalecem o branding.

Contribuir para o bom conhecimento realmente trás relevância ao negócio e muitos frutos.

É bem interessante publicar conteúdos nos portais especializados, isso poderá trazer bastante autoridade digital.

 

Gostou das dicas sobre Marketing Digital para Advogados? Se precisar de ajuda conte conosco.

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?