curso de vendas
Marketing Digital para Advogados

Marketing Digital para Advogados

Blog   ·  Criado em 14/08/2020   ·   Atualizado em 29/10/2021   · ​ 18 minutos

Marketing Digital para Advogados

O marketing jurídico no Brasil não pode aplicar todas as estratégias de marketing digital que outros tipos de negócio fazem.

Todo advogado, ou um escritório de advocacia, pode sim recorrer ao marketing digital para conquistar novos clientes, porém, precisa ficar atento às regras da OAB para criar uma estratégia matadora, mas que não fira as restrições impostas para a categoria, o ideal seria buscar uma agência de marketing digital especializada.

Com o marketing digital para advogados, é possível ensinar às pessoas sobre a sua especialidade e se tornar uma autoridade sobre o assunto online.

O que as pessoas querem? Contratar o melhor advogado, ou escritório, para ganhar a sua causa. Onde elas procuram? Na Internet.

Além do marketing boca a boca (indicação), outra forma de conquistar bons clientes é mostrar domínio sobre o assunto. Quer saber como? Continue a leitura para entender como usar o marketing digital vai te ajudar a conquistar novos clientes, sem ferir nenhum regulamento ou sofrer sanções da OAB.

Antes de tudo, o que é o marketing jurídico?

marketing jurídico

O marketing jurídico é composto por uma série de estratégias de marketing para a divulgação de um profissional de direito ou um escritório jurídico. Tais ações podem envolver ações digitais e offline. Tudo vai depender da necessidade de cada cliente. Além de aprender o que é o marketing jurídico, continue lendo para aprender muitas outras dicas práticas.

Por que investir em marketing digital jurídico?

Antes de tudo, você precisa saber que o marketing digital é uma das formas mais eficientes de atrair novos clientes. Desde que seja bem elaborada e aplicada, é claro.

O marketing digital é uma forte estratégia para encontrar as pessoas certas, enquanto elas navegam na Internet ou interagem com algum aplicativo.

Essa estratégia é usada para alavancar um negócio por meio de ferramentas digitais como mecanismos de buscas, site, redes sociais, e-mail e assim, construir um reconhecimento da marca para os clientes atuais e em potencial.

O que pode no marketing jurídico? Qual publicidade o advogado pode fazer?

Se a sua dúvida é o que pode no marketing jurídico, entenda que os advogados e escritórios de advocacia não possuem a mesma liberdade de publicidade que outros tipos de negócios. Existem muitas limitações que devem ser respeitadas para que não sofram pesadas sanções.

O capítulo IV do Código de Ética e Disciplina da OAB apresenta aos profissionais de direito o que podem ou não fazer no quesito publicidade e marketing.

Como consta no Art. 28 do código:

Art. 28. O advogado pode anunciar os seus serviços profissionais, individual ou coletivamente, com discrição e moderação, para finalidade exclusivamente informativa, vedada a divulgação em conjunto com outra atividade.

Em outras palavras, advogados e escritórios de advocacia devem apenas educar e ensinar o seu público, não podem “vender ou oferecer” seus serviços online.

Todos os anúncios comuns, que abordam ofertas, descontos ou frases como “garantimos o melhor preço”, “fazemos o melhor negócio” ou “desconto para os primeiros a ligarem” são alguns exemplos proibidos por incentivar o clique nos anúncios.

A publicidade que o advogado pode fazer é a produção de conteúdo, com a finalidade informativa, ou seja, informar seu público sobre a sua área por meio de textos no blog, e-books, podcasts, infográficos, vídeos, redes sociais e muito mais. Aproveite e acompanhe a evolução do marketing.

Deu para entender qual publicidade o advogado pode fazer? Se precisar tirar alguma dúvida pergunta nos comentários.

Como funciona o marketing jurídico? Como impulsionar meu escritório de advocacia?

  1. Encontre e converse com seu cliente ideal

Para a sua estratégia de marketing digital funcionar, é preciso saber para quem está falando. Quanto mais informações sobre sua rotina, preferências, dores, medos e objetivos conhecer, mais certeira é a sua estratégia.

Ou seja, você precisa definir o cliente ideal para ajudar o seu negócio jurídico a definir a mensagem certa.

Ter uma buyer persona bem definida é o primeiro passo para criar a sua estratégia de marketing jurídico. Com ela, é possível desenvolver e segmentar materiais com maiores chances de conversão.

Mas como exatamente uma buyer persona poderia ajudar?

A buyer persona é fundamental para a economia de recursos na hora de criar uma estratégia de marketing digital para advogados.

Entre os pontos mais importantes da criação de uma persona, podemos destacar:

  • uma melhor comunicação entre empresa e cliente;
  • a facilidade em definir o tom dos conteúdos nos blogs, redes sociais e outras plataformas;
  • fica mais fácil definir quais redes sociais e plataformas seus clientes realmente usam;
  • a facilidade na definição da pauta de conteúdos que devem ser produzidos;
  • a maneira certa de trabalhar com o e-mail marketing.

Esses são alguns pontos de como uma persona pode ajudar dentro de uma ação de marketing digital para advogados.
 

  1. Desenvolva processos mais claros e diretos

Confira esse vídeo incrível sobre marketing digital para advogados:

Para construir um bom marketing digital para advogados, os processos precisam ser bem definidos. Isso significa que, todos os esforços do seu planejamento devem ser na elaboração de uma ação de marketing digital inteligente, focado exclusivamente em seu público de clientes.

Ao fazer isso, é possível que as campanhas digitais alcancem altas performances e você, ou seu escritório, se aproxime das pessoas no momento que elas buscam pelo seu serviço.

  1. Faça um planejamento de marketing e crie metas

O marketing digital deve ser encarado com a mesma seriedade de um plano de negócio. Por ser uma ferramenta fundamental na captação de novos clientes, essa estratégia vem se tornando cada vez mais complexa e exige cada vez mais atenção para trazer resultados positivos.

Um plano de negócios permite criar estratégias eficientes para um advogado ou escritório de advocacia. Com ele completo, chegou a hora de colocá-lo em prática.

O planejamento de marketing digital te faz pensar no presente e futuro, define as ferramentas que serão usadas para alcançar seu público e te ajuda a definir quais métricas devem ser observadas para saber se está seguindo o caminho certo.

Nossa dica: contrate um profissional especializado ou uma agência de marketing digital como a High Sales para criar o plano sob medida para o seu escritório.

Vale lembrar que esse plano deve ser focado nas limitações de publicidade permitida pela OAB. Está ficando claro para você como funciona o marketing jurídico? Continue lendo que tem muito mais.

  1. Trabalhe com o funil de vendas

Entender o que é e como funciona o funil de vendas é fundamental para que as receitas aumentem, especialmente no marketing digital para advogados.

O funil de vendas, também conhecido pelo termo pipeline, consiste em um processo que tem como finalidade direcionar o cliente para que ele fique sabendo das soluções que o seu negócio pode oferecer para os seus problemas, até o momento dele decide fechar o negócio.

Veja mais: Jornada de compra e funil de vendas na jornada do consumidor

Os principais benefícios de trabalhar com o funil de vendas são:

Produtividade

Fazer um negócio vender mais envolve produtividade. Com o funil de vendas, os colaboradores do negócio estarão cientes de que tudo está sendo acompanhado. Com isso, eles estarão mais atentos e se esforçarão mais para identificar, solucionar e chegar a resultados melhores.

Aproveitamento das oportunidades de negócio

As chances de que cada negócio seja fechado efetivamente aumentam com o funil de vendas. Sendo assim, aplicar ações para ampliar as possibilidades de fechamento fica mais fácil. Além disso, é possível saber se os clientes estão precisando de algo mais. Logo, será possível otimizar a oferta de serviços.

Otimização da gestão

Um dos principais objetivos do funil é fazer com que o ciclo de vendas seja padronizado fazendo com cada fase do processo fique mais ágil e objetiva. Logo, a equipe de gerenciamento e de vendas terá mais assertividade e foco objetivando o fechamento do negócio.

  1. Crie conteúdos incríveis

A internet é uma das principais fontes de pesquisa das pessoas hoje em dia.

O Google processa mais de 3,5 bilhões de pesquisas por dia, totalizando 1,2 trilhão de pesquisas por ano no mundo inteiro.

As pessoas estão em busca de informações, conhecimento, explicações, reviews.

É em cima dessa curiosidade que o profissional de direito deve trabalhar para atrair novos clientes.

Criar materiais ricos, exclusivos e relevantes para a sua audiência é uma das melhores formas de ganhar clientes. Apesar de todas as restrições que existem para a categoria no Brasil.

No marketing jurídico você pode investir em uma série de materiais que vão te ajudar a construir autoridade digital.

O importante é investir em mais de um tipo de material.

Publique textos no blog do seu site, compartilhe publicações nas redes sociais, crie vídeos para o YouTube e até mesmo crie anúncios que direcione o seu público para esses conteúdos.

Mas, antes de criar qualquer material, ou contratar uma agência como a High Sales para fazer o serviço, não esqueça de estudar o código da OAB para evitar penalizações.

Como divulgar seu escritório de advocacia?

Conheças as principais estratégias de marketing que poderão ser utilizadas no marketing para advogados:

  1. Google

Para conquistar tráfego orgânico, ou seja, tráfego gratuito, é importante focar nas técnicas de SEO, ou de forma paga com o Google ADS, o Google é uma fonte fantástica para impulsionar negócios.

As opções são muito fartas, você pode utilizar artigos para o blog, vídeos para o YouTube e com certeza a rede de pesquisa para impulsionar seus conteúdos.

É importante cuidar para não criar anúncios que ultrapassam os limites de propaganda para advogados.

  1. Redes Sociais

O Facebook e Instagram são as maiores redes sociais do planeta, e além de gerar bons negócios é um canal de fidelização de clientes.

Impulsionar conteúdos de qualidade nesse canal é sem dúvida algo importante para a relevância digital.

Mas você pode utilizar de outras redes sociais como o WhatsApp e Telegram.

  1. Portais especializados

Portais especializados também podem ser ótimas opções independente do seu segmento, normalmente os investimentos são aceitáveis e o retorno é bem interessante. Além de gerar negócios indiretos, eles fortalecem o branding da marca.

Não se esqueça que é muito importante criar seu próprio website, com um blog integrado.

Contribuir para o bom conhecimento realmente traz relevância ao negócio e muitos frutos.

É bem interessante publicar conteúdos nos portais especializados, isso poderá trazer bastante autoridade digital.

Então, ficou claro como divulgar seu escritório de advocacia é possível?

Quanto custa marketing jurídico?

Segundo Hubspot, o marketing digital hoje é 61% mais barato que o tradicional outbound. O que torna a conversão de um Lead muito mais lucrativo.

Dentro do marketing digital jurídico, você investe quanto e quando quiser.

Não existe um valor mínimo para fazer sua campanha ir mais longe, mas podemos dar o seguinte panorama, se você for iniciante e quiser anunciar no Google, o custo do marketing jurídico inicia em R$ 990,00.

Já para o custo do marketing jurídico no Facebook ou Instagram, inicia em R$ 699,00.

Que tal uma iniciar uma Consultoria Google Ads, para entender em detalhes quanto custa marketing jurídico?

Mas afinal, é permitido marketing jurídico?

Sim, é possível investir em marketing jurídico. A diferença das outras áreas, é que os advogados e escritórios de advocacia devem trabalhar seu marketing dentro das limitações determinadas pela OAB.

A comunicação deve seguir a linha educativa, onde os profissionais vão falar sobre o mercado para atrair novos clientes.

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?