curso de vendas
Growth Marketing

Growth Marketing: aprenda a aumentar os resultados da sua empresa

Blog   ·  Criado em 26/10/2021   ·   Atualizado em 26/10/2021   · ​ 15 minutos

Growth Marketing

O Growth Marketing é uma área de grande potencial para os negócios que desejam se expandir (e se firmar) no mercado.

Por meio de estratégias inovadoras e inteligentes, esse conceito já ajudou grandes empresas como Twitter e Dropbox a conquistar uma rede fiel de clientes, e vem ajudando empresas que contratam uma agência de marketing digital especializada.

Se você também deseja alcançar grandes resultados, continue lendo este artigo! Aqui, você irá entender de uma vez o que é Growth Marketing e como aplicar essa estratégia.

Aproveite a leitura!

Growth Marketing: imagem de uma página com dados e gráficos sendo analisados por dois profissionais

O que é Growth?

Isoladamente, o termo Growth significa crescimento em português

A palavra foi implementada no Marketing por Sean Ellis, também chamado de “pai do Growth”. O empreendedor e seu conceito, inclusive, foram responsáveis pelo sucesso de grandes empresas do vale do silício, como Twitter e Uber.

Devido ao sucesso da sua estratégia, o Growth Hacking ganhou novas ramificações (como o Growth Marketing), além de ter conquistado espaço importante nas startups.

Afinal, o objetivo do Growth é essencial para esse modelo de empresa escalável, isto é, o crescimento rápido — a partir de um orçamento limitado.

Ademais, para implementar uma estratégia de Growth eficiente é necessário investir na fase de testes, em que serão colocadas em práticas as melhores ideias desenvolvidas durante o brainstorming.

E não se preocupe com erros! O importante é manter sempre um constante crescimento de resultados. Ou seja, garantir respostas melhores a cada teste.

O que é Growth Marketing?

O que é Growth Marketing?

O Growth Marketing é uma ramificação do Growth Hacking, cujo principal objetivo é o crescimento exponencial do negócio, por meio de estratégias de vendas criativas e inovadoras.

Além do rápido crescimento, o Growth Marketing também visa a retenção de clientes, gerando maior estabilidade para o negócio no mercado.

Inclusive, muitas empresas utilizam essas estratégias para fidelizar seus clientes, estabelecendo relações de longo prazo com eles — transformando-os até mesmo em promotores da marca.

O objetivo a longo prazo é a principal diferença entre o Growth Marketing e o Growth Hacking, uma vez que a segunda estratégia foca mais em resultados imediatos.

A metodologia também é aplicada de modo a aprimorar ideias e resultados, em vez de se limitar à implementação de novas ideias. 

Como foi dito, o Growth Marketing está sendo bastante aplicado pelas startups, que necessitam tanto do crescimento promovido por essa estratégia, como também do fortalecimento de mercado.

Como funciona o Ciclo de Growth?

O Ciclo de Growth é composto por quatro fases: 

  • Análise de dados;
  • Geração de ideias;
  • Priorização de experimentos;
  • Execução dos testes.

Durante a primeira etapa, o Growth Hacker deve analisar os dados referentes ao mercado em que o negócio está inserido, entendendo o comportamento do consumidor.

Em seguida, é o momento do brainstorming, ou seja, geração de ideias que podem contribuir no crescimento da empresa. Essas ideias são priorizadas durante a terceira fase, onde as melhores são escolhidas para a última etapa.

Por fim, as melhores ideias são testadas no mercado — haja vista que o experimento é uma das principais características do Growth Marketing.

Assim como todos os ciclos, a estratégia se encerra na primeira etapa, em que são analisados os dados referentes aos resultados obtidos durante o processo.

Com isso, é possível destacar as táticas que não deram muito certo e se aprofundar naquelas que apresentaram resultados promissores, mesmo que abaixo do esperado.

Como aplicar Growth Marketing?

Conheça abaixo as etapas que devem ser cumpridas por uma empresa que deseja implementar uma estratégia de Growth Marketing inteligente.

Conheça o público-alvo e clientes em potencial

Para estabelecer uma estratégia de marketing eficiente — independente de qual seja — é necessário conhecer o público para o qual ela será direcionada, por meio de dados mais específicos.

Ou seja, realizando pesquisas que ajudem a determinar a idade, sexo, interesses, densidade demográfica e demais informações sobre o cliente ideal.. 

Caso sua empresa já possua mais tempo no mercado, o melhor método é analisando os clientes usuais do negócio. Se não, será necessário estudar o mercado que fará parte, com enfoque na concorrência.

Determine objetivos

Qual objetivo você deseja alcançar com o Growth Marketing? Atrair mais clientes? Fidelizar seus atuais compradores? Ou os dois?

Ter essas metas bem definidas será essencial durante a geração de ideias, uma vez que servirá de guia para a criatividade da sua equipe.

Analise as métricas

Reúna todas as informações do seu negócio, desde as relacionadas ao perfil dos clientes, até os dados sobre os períodos de maior venda.

Assim como os objetivos traçados anteriormente, essas métricas irão dar suporte a equipe criativa durante todo o processo, servindo de base para o momento de geração de ideias e durante a priorização dessas estratégias. 

Faça o brainstorming

Com todas as informações importantes coletadas — perfil do cliente ideal, objetivos, produtos mais procurados, valor médio pedido por cada cliente, períodos de maior venda… — chegou o momento de explorar as ideias.

Ou seja, criar soluções para o principal problema da empresa, seja ele dificuldade em crescer ou em fidelizar clientes.

Durante esse momento é comum surgirem ideias impossíveis ou fora da realidade do negócio, que se for uma startup, terá orçamento ainda mais limitado.

Portanto, uma vez listadas todas as hipóteses, é necessário realizar uma fase de teste preliminar, eliminando soluções inaplicáveis, independente de sua qualidade.

Também é válido apontar as consequências que cada ideia poderia gerar na empresa, tanto as negativas como as positivas. Esse processo ajuda a oferecer uma análise mais racional de cada solução.

Ao fim, a equipe deve avaliar a qualidade de cada ideia, selecionando aquelas que aparentam ser as mais eficientes.

Comece a testar as estratégias

Segundo uma recomendação do próprio Sean Ellis, não invista em qualidade durante a fase de testes, mas sim em números — testando até 3 ideias de uma só vez.

Afinal, as estratégias utilizadas durante esse momento de validação devem ser fáceis de otimizar (caso apresentem bons resultados) e baratas de serem descartadas (se os resultados forem negativos).

Além disso, anote todas as informações geradas durante essa etapa, tanto os erros como os acertos! Baseadas nelas, sua equipe irá selecionar as melhores ideias, assim como definir os próximos passos, evitando as táticas que não deram certo.

Assim como no ciclo de Growth explicado acima, será necessário retomar a fase inicial, de análise de todos esses dados gerados e documentados pela fase de testes.

E claro: não se preocupe se todos os resultados não forem satisfatórios ou aproveitáveis! É só continuar girando e reiniciando as demais fases, que uma hora sua empresa irá encontrar soluções eficientes e que façam o negócio crescer.

Quem é o Growth Hacker Marketing?

O Growth Hacker Marketing é o profissional responsável pela criação e implementação dessas estratégias em um negócio.

Segundo o próprio inventor do termo, “o Growth Hacker é um novo tipo de profissional de Marketing. Ele cuida de um Marketing orientado ao crescimento de startups.”

Ou seja, é um profissional capaz de criar estratégias de crescimento — que devem ser testadas várias vezes — até que seja encontrado um método eficiente de captação e retenção de clientes.

Como ser um Growth hacker?

Para se tornar um Growth hacker eficiente, que agregue real valor ao negócio, é necessário demandar bastante empenho e estudo, além de estar sempre antenado às novidades do mercado.

Além disso, existem algumas dicas que podem te ajudar a seguir esse caminho ou a se tornar um profissional melhor.

  1. Comece do básico, estudando os conceitos primários do Marketing — desde persona até cada etapa do funil de vendas

  2. Desenvolva a sua criatividade! Para isso, consuma vários conteúdos diversos, leia livros sobre o tema e faça muitas perguntas;

  3. Desenvolva suas capacidades analiticas e de foco, que vão te ajudar durante todo o processo de desenvolvimento e teste de ideias;

  4. Converse com outros profissionais da área, trocando experiências e conhecimentos;

  5. Faça cursos periodicamente.

Outra dica bastante eficiente é: se especialize em somente uma área! Em vez de tentar aprender sobre tudo (o que é impossível), concentre-se em um ramo do marketing, tornando-se referência nesse setor e aumentando sua eficiência.

Como funciona o Growth Marketing em redes sociais?

Atualmente, as redes sociais são uma peça-chave das estratégias de marketing das empresas, independente do porte e experiência de mercado.

Desse modo, o mundo digital também é explorado pelo Growth Marketing redes sociais, visando o crescimento rápido e contenção de resultados de um negócio.

Para explorar esse meio, o primeiro passo é definir as redes sociais mais utilizadas pelo seu público-alvo. Afinal, não adianta investir esforços (e dinheiro) em conteúdos que nem serão consumidos pelo público da sua empresa.

Portanto, utilize as métricas disponibilizadas pelas redes sociais — e as coletadas por você durante a fase inicial do ciclo de Growth — e encontre o seu público online.

O recomendado é sempre focar nas redes sociais mais utilizadas, como Instagram e Facebook. 

Definiu as redes sociais que serão exploradas pelo Growth Marketing? Então, está na hora de produzir conteúdo!

Para isso, foque em agradar o público, apresentando conteúdos interessantes, divertidos e que convertam essas pessoas. 

Além disso, quanto mais você explorar a plataforma, melhor! Ou seja, produza conteúdos em todos os formatos possíveis (do feed ao reels).

Utilize também as redes sociais para coletar mais informações sobre o seu público, por meio de pesquisas online, ou promova promoções e descontos exclusivos (influenciando na fidelização das pessoas).

Não se esqueça de uma das etapas mais importantes: mensurar os resultados obtidos pelas estratégias de Growth Marketing redes sociais!

Conclusão

O crescimento exponencial é possível… mas, somente com as estratégias certas e bastante persistência!

Por isso, utilize os conhecimentos acima e aplique o Growth Marketing, investindo sempre em novos testes, otimizando resultados e deixando para trás estratégias de baixa eficiência.

E lembre-se: quanto mais testes forem feitos, mais próximos das estratégias ideais sua empresa estará.

Gostou desse conteúdo? Veja também:

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?