curso de vendas
ERP online

ERP online: como esse sistema pode ajudar no trabalho remoto

Blog   ·  Criado em 13/07/2020   ·   Atualizado em 10/08/2021   · ​ 13 minutos

ERP online

A pandemia da COVID-19 atropelou o mercado mundial e, durante o período de quarentena, quando todas as empresas e negócios precisaram fechar suas portas, fez com que todas as gestões administrativas e financeiras se virassem nos 30 para manter os negócios funcionando.

Foi então que surgiu a necessidade das operações migrarem para o regime remoto, home office. O grande desafio passou a ser manter a eficiência e produtividade de uma equipe, mesmo cada um trabalhando da sua casa.

Para que as equipes continuem desempenhando uma alta performance, era preciso investir em um bom sistema de armazenamento em nuvem, ou seja, um ERP online.

Na verdade, a tecnologia cloud (em português, nuvem), é uma velha conhecida das pessoas que trabalham com bastante comum na vida de todos.

Seja o compartilhamento de arquivos, ouvir músicas, assistir filmes e até mesmo fazer compras são ações que fazemos usando a nuvem.

No mundo empresarial, no entanto, ainda existe resistência à transformação digital. Negócios tradicionais davam passos lentos por conta de acreditarem que investir em tecnologia como a nuvem é algo desnecessário.

Porém, com o distanciamento social, e o lockdown enfrentado pelo mundo, não houve alternativas, era preciso se adaptar. Ou seja, se organizar de maneira que a prestação dos serviços continuasse com os colaboradores trabalhando de casa (seguros e saudáveis).

Além dos atendimentos e prestações, também era necessário manter a eficiência dos processos internos. Isso só foi possível devido ao Sistema ERP online. Essas ferramentas permitiram que operações financeiras e de cobrança continuassem de onde funcionários e gestores estivessem, bastando uma conexão com a internet.

Confira neste artigo de que forma esses softwares hospedados na nuvem auxiliam no trabalho remoto!

O que é cloud?

Cloud, termo em inglês, significa “nuvem”. No campo da tecnologia, a cloud é o espaço imaterial disponibilizado através de uma rede de servidores - computadores potentes espalhados em todos os cantos do mundo.

É através dessa tecnologia que empresas podem armazenar dados e informações, sem a necessidade de montar uma infraestrutura em seu próprio escritório - o que seria impossível para empresas de pequeno e médio porte que estão em constante crescimento.

É com esse recurso que empresas de tecnologia conseguem desenvolver, hospedar e comercializar suas soluções. Ao invés de exigir que um cliente compre um CD ou baixe um arquivo de instalação, toda a estrutura está disponível online.

Essa tecnologia permitiu que as empresas mudassem a forma de vender seus sistemas e gerar negócios.

Comprar mídias físicas ou pagar apenas um valor fixo - e muito alto - por um sistema já não faz sentido para os clientes? Foi assim, para se adequar às demandas, alcançar as PMEs e diluir o custo, que surgiu o modelo SaaS, ou software como serviço, e os sistemas de gestão (ERPs) online.

Como a nuvem mudou o mundo?

A descrição dos meios de entrega e comercialização dos serviços lhe parece familiar?

É porque se trata do mesmo modelo de distribuição de grandes empresas disruptoras, como a Netflix e tantos outros canais de streamings. Atualmente, você paga um baixo valor mensal para consumir uma coleção de conteúdos, ao invés de comprar ou alugar filmes e séries.

O crescimento desse tipo de serviço, apoiado em tecnologia de ponta, foi responsável por causar uma intensa revolução em diversos mercados no mundo.

Por conta da Netflix, as locadoras desapareceram. Por conta do Spotify, a compra de álbuns e singles caiu. Por conta da Uber, os táxis começaram a ser preteridos.

Dessa forma, mesmo os mais tradicionais segmentos podem ser impactados por novos players, que surgem com uma proposta mais moderna e barata.

Estamos acompanhando mais uma disrupção?

Mudar para o espectro do trabalho remoto não foi uma questão de escolha para a maioria. Para preservar a saúde de seus colaboradores e manter o atendimento às necessidades dos clientes era uma prioridade.

Porém, como diz um ditado - normalmente atribuído a Platão: “a necessidade é a mãe da inovação”. Ou seja, frente aos desafios, empreendedores encontraram na criatividade e na tecnologia uma saída.

Os serviços à distância foram mantidos por meio de plataformas online. E quem já as tinha e sabia usá-las, saiu na frente.

Percebeu-se, também, que o próprio escritório poderia não ser necessário. Pequenas empresas, como imobiliárias e administradoras, têm uma grande parte de suas despesas comprometidas com o aluguel de prédios e salas comerciais.

Além disso, muitos colaboradores, senão todos, realizam tarefas que não exigem a presença física. E a própria produtividade tende a aumentar sem as distrações da rotina laboral comum.

ERP online e a nova era do trabalho remoto

Como a maneira de distribuição e comercialização de um produto impacta no seu regime de trabalho? Essa é uma pergunta que pode ter lhe surgido à mente.

Adaptar-se a um novo modelo de trabalho não é tão simples. Primeiramente, por conta dos ajustes e desconfianças, é algo que vai funcionar para sua realidade. Em segundo, porque mudanças no mercado normalmente envolvem tecnologias às quais não estamos inteiramente habituados.

No caso dos ERPs online, porém, não há uma grande diferenciação na procura que você já teria com um sistema instalado diretamente no desktop. Muda-se, primordialmente, apenas a maneira de acessá-lo.

Mas vamos por partes!

Qual a diferença entre um ERP online e um de desktop?

ERP, sigla para Enterprise Resource Planning, é um sistema de gestão empresarial que integra os processos da empresa em um único lugar. Nele, comumente, é realizada toda a gestão estratégica e financeira, com o acompanhamento de métricas, envio de cobranças em lote, conciliação bancária, meios de pagamento e, até o controle de atendimento aos clientes.

Basicamente, é um dos componentes mais importantes de um negócio, independente de seu segmento. O uso eficiente desse tipo de ferramenta, serve para fazer a empresa funcionar plenamente, sem danos ou descuidos com a sua saúde financeira. Ou seja, são como músculos cardíacos responsáveis por bombear o sangue para o resto do corpo.

Essencialmente, a diferença entre um disponibilizado pela nuvem e os que necessitam de instalação é a liberdade e a segurança.

A versão em nuvem pode acelerar drasticamente o processo de decisão dentro de uma empresa, uma vez que permite que as atualizações sejam feitas rapidamente, isso é claro, se o sistema for aplicado em todos os departamentos e todas as equipes usem a ferramenta diariamente.

As empresas que optar pelo ERP local, precisam investir pesado em um servidor robusto. O que significa mais gastos, mais pessoal para executar o monitoramento e maiores chances de erros ou interrupções não programadas acontecerem.

Cada empresa sabe qual a sua necessidade, por isso antes de optar pelo ERP online ou ERP local, faça um levantamento do que você precisa, quanto está disposto a investir e como quer trabalhar no futuro.

Acesso remoto

Um ERP online pode ser acessado de qualquer lugar do mundo.

Basta que os colaboradores tenham acesso a uma internet estável e um bom equipamento.

Investir nesse tipo de ferramenta permite que os negócios aumentem e tenham a oportunidade de expandir suas operações, conquistar novos territórios e trabalhar com profissionais altamente qualificados em outras regiões do planeta.

Mais segurança para dados e arquivos importantes

Pelo ponto de vista da segurança, seus dados são protegidos pelos densos códigos criptográficos nos servidores onde o ERP online está hospedado.

Também, grande parte dos fornecedores desses sistemas exigem dupla autenticação para acessá-lo em dispositivos desconhecidos.

Já os de desktop estão mais facilmente à mercê do ataque de malwares e hackers. Também, há sempre o risco de fenômenos físicos causarem perdas, como incêndios, alagamentos ou, simplesmente, uma pane no seu HD.

Os benefícios do ERP online para qualquer tipo de negócio

Atualizações e correções

Já teve problemas em seus sistemas ou infraestruturas que só puderam ser resolvidos por uma visita técnica? Em um ERP online, o fornecedor toma conta de TODA a infraestrutura do sistema, sendo mais fácil e rápido para fazer atualizações, melhorias ou correções.

Custo diluído

Como a cobrança é recorrente, não há necessidade de pagar grandes quantias de uma vez, ou para obter uma versão mais atualizada. O custo com o sistema é diluído em mensalidades, sendo muito mais benéfico para seu fluxo de caixa;

Design e usabilidade intuitiva.

Afinal, é impossível criar e escalar um sistema customizado para cada cliente. Todo o desenvolvimento leva em conta técnicas de User Interface (UI) e User Experience (UX) para promover a melhor experiência possível aos usuários.

Menos espaço físico ocupado

A utilização de ambientes virtuais para armazenar e compartilhar arquivos elimina a necessidade das centenas de pastas, ficheiros e armários.

Faz bem ao meio ambiente (e aos negócios)

Sabia que, de acordo com uma pesquisa da Union + Webster, 87% dos consumidores brasileiros preferem adquirir produtos de empresas que sejam sustentáveis? Que tal ajudar o planeta ao mesmo tempo em que fortalece sua marca?

Melhor fluxo de trabalho

O ERP online garante que todas as informações necessárias para que os colaboradores executem suas tarefas estejam reunidas em um único espaço, que pode ser acessado de qualquer lugar do mundo. Isso garante que mais produtividade para as equipes que trabalham remotamente.

Relatórios e dado para análise

Dados são importantes para que gerentes e diretores analisem o negócio de forma analítica e suas decisões sejam baseadas em resultados, sem achismos. Com uma ferramenta de ERP os próximos passos do negócio podem ser devidamente planejados.

Por que o ERP é importante para as empresas?

O ERP online é o tipo de sistema usado por empresas que buscam recursos inteligentes, capazes de influenciar o crescimento de qualquer tipo de negócio.

A ferramenta pode ajudar na organização de todas as equipes do negócio, estruturar o financeiro para que os custos sejam reduzidos e a criar processos otimizados e eficientes para a rotina da empresa.

Quem pode usar o sistema de ERP online?

Não existem restrições de negócios que podem usar um ERP online. Esse tipo de sistema é flexível e pode ser adaptado para determinados fins. Tudo vai depender do que o seu negócio precisa.

Sobre a Superlógica

A Superlógica desenvolve o software de gestão líder do mercado brasileiro para empresas de serviço recorrente. Somos referência em economia da recorrência e atuamos nos mercados de SaaS e Assinaturas, Condomínios e Imobiliárias.

e aí, GOSTOU? COMPARTILHE!

vamos CONVERSAR?

Você tem uma ideia que precisa tirar do papel?